CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

De Loucos Todos Temos Um pouco

Se soubesses como me reinvento
Nestes lamentos
Que me consomem
Com o passar do tempo

Chora-me a alma
De não saber como ser
Neste mundo alucinado
Onde me deito
E ajeito

Gostava de saber voar
E levar-te a ver as estrelas
Talvez o seu brilho
Te banhasse
E te ajeitasses no meio delas

Só elas entendem este meu jeito
De não ser o ideal perfeito
Para entender
Os rostos alienados
Que afluem neste paraíso
Onde todos de loucos
Temos um pouco

Deixem-me ser também
Um pouco de gente
Neste mundo
Que é mundo perdido
Por nem saber
Como ser louco

Dolores Marques



diabo no corpo - Pedro Abrunhosa & Bandemónio

Submited by

quinta-feira, fevereiro 5, 2009 - 12:00

Poesia :

No votes yet

ÔNIX

imagem de ÔNIX
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 19 semanas
Membro desde: 03/26/2008
Conteúdos:
Pontos: 4027

Comentários

imagem de Henrique

Re: De Loucos Todos Temos Um pouco

É poderoso o que a poesia nos faz sentir, está um bom poema! :-)

imagem de Anonymous

Re: De Loucos Todos Temos Um pouco

Em cada forma como te reinventas, fazes-nos voar nas asas das tuas palavras...

Sem uma dose qb de loucura que seria da vida?...

beijo

imagem de Anonymous

Re: De Loucos Todos Temos Um pouco

"Todas as misérias verdadeiras são interiores e causadas por nós mesmos. Erradamente julgamos que elas vêm de fora, mas nós é que as formamos dentro de nós, com a nossa própria substância."
(Anatole France)

Olá dolores! Está tristenmente belo...que mqneira mais subtil de falar do "eu". Abraços

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ÔNIX

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Meditação Imenso, Imensamente, Adequadamente 0 496 05/15/2010 - 03:39 Português
Prosas/Romance Vale do Silêncio 0 617 11/17/2008 - 12:11 Português
Prosas/Mistério Entre a Realdade e a Ficção, Uma visão 0 1.048 11/26/2008 - 12:08 Português
Prosas/Outros Enxugo as Lágrimas 0 983 01/19/2009 - 15:18 Português
Prosas/Romance Pinto as Cores do Desejo 0 728 03/11/2010 - 18:22 Português
Prosas/Romance Momentos especiais saídos do fundo das memórias 0 967 06/02/2010 - 17:10 Português
Prosas/Outros Dimensões III (Felicidade) 0 1.117 08/30/2010 - 16:18 Português
Culinária/Sobremesas Pudim de Abóbora ou (Mamão) 0 1.323 11/19/2010 - 12:55 Português
Fotos/Pessoas Minha Filha 0 720 11/20/2010 - 06:12 Português
Fotos/Corpos Erotismo 0 971 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Pintura Geometria 0 1.035 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Paisagens Passagem de Testemunho 0 836 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Rostos Eu 0 1.050 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Pessoas Reflexos 0 703 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Pessoas Bijuteria 0 1.490 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Pessoas Vagueando no seixal 0 992 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Outros Luz 0 1.201 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Rostos Metade 0 1.182 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Cidades Escadaria 0 1.046 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Cidades De Regresso a Casa 0 702 11/20/2010 - 06:13 Português
Fotos/Corpos Procura 0 1.457 11/20/2010 - 06:16 Português
Fotos/Corpos Pircing 0 1.744 11/20/2010 - 06:16 Português
Fotos/Corpos Pnas 0 1.447 11/20/2010 - 06:16 Português
Fotos/Corpos Véus 0 978 11/20/2010 - 06:16 Português
Fotos/Corpos Véus 0 1.342 11/20/2010 - 06:16 Português