CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

De Loucos Todos Temos Um pouco

Se soubesses como me reinvento
Nestes lamentos
Que me consomem
Com o passar do tempo

Chora-me a alma
De não saber como ser
Neste mundo alucinado
Onde me deito
E ajeito

Gostava de saber voar
E levar-te a ver as estrelas
Talvez o seu brilho
Te banhasse
E te ajeitasses no meio delas

Só elas entendem este meu jeito
De não ser o ideal perfeito
Para entender
Os rostos alienados
Que afluem neste paraíso
Onde todos de loucos
Temos um pouco

Deixem-me ser também
Um pouco de gente
Neste mundo
Que é mundo perdido
Por nem saber
Como ser louco

Dolores Marques



diabo no corpo - Pedro Abrunhosa & Bandemónio

Submited by

quinta-feira, fevereiro 5, 2009 - 12:00

Poesia :

No votes yet

ÔNIX

imagem de ÔNIX
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 19 semanas
Membro desde: 03/26/2008
Conteúdos:
Pontos: 4027

Comentários

imagem de Henrique

Re: De Loucos Todos Temos Um pouco

É poderoso o que a poesia nos faz sentir, está um bom poema! :-)

imagem de Anonymous

Re: De Loucos Todos Temos Um pouco

Em cada forma como te reinventas, fazes-nos voar nas asas das tuas palavras...

Sem uma dose qb de loucura que seria da vida?...

beijo

imagem de Anonymous

Re: De Loucos Todos Temos Um pouco

"Todas as misérias verdadeiras são interiores e causadas por nós mesmos. Erradamente julgamos que elas vêm de fora, mas nós é que as formamos dentro de nós, com a nossa própria substância."
(Anatole France)

Olá dolores! Está tristenmente belo...que mqneira mais subtil de falar do "eu". Abraços

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ÔNIX

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação A Noite 1 808 08/23/2011 - 22:20 Português
Poesia/Meditação Forte 1 1.107 07/04/2011 - 19:06 Português
Prosas/Outros Um princípio 0 956 06/24/2011 - 16:47 Português
Poesia/Pensamentos Sei-te 4 698 06/23/2011 - 16:44 Português
Poesia/Paixão Um Ser 0 687 06/16/2011 - 10:04 Português
Prosas/Outros ...a querer atingir o céu 0 922 05/18/2011 - 17:36 Português
Poesia/Paixão Céu é Céu 0 660 05/17/2011 - 02:03 Português
Poesia/Meditação Viagem 1 1.010 05/13/2011 - 16:14 Português
Poesia/Amor Espelhos 0 781 04/18/2011 - 17:48 Português
Poesia/Meditação Infinito 0 878 04/11/2011 - 09:29 Português
Poesia/Pensamentos Orquideas Brancas 1 989 03/30/2011 - 14:06 Português
Poesia/Amor Larga-me lá! 1 622 03/30/2011 - 13:59 Português
Prosas/Outros Crer, Ser e Poder 1 1.216 03/07/2011 - 16:45 Português
Prosas/Outros Onde moram todos os silêncios 1 980 03/06/2011 - 19:06 Português
Poesia/Meditação POWER 0 1.244 02/28/2011 - 12:22 Português
Poesia/Amor Fundo de todos os fundos 2 1.174 02/01/2011 - 23:33 Português
Poesia/Meditação Gatafunhos 3 956 01/21/2011 - 23:27 Português
Poesia/Meditação Fragmento 4 772 01/21/2011 - 22:05 Português
Poesia/Pensamentos Deformações 2 746 01/20/2011 - 18:36 Português
Poesia/Meditação Onde estão todos? 4 676 01/17/2011 - 12:28 Português
Poesia/Meditação Pedra 2 861 01/11/2011 - 19:33 Português
Poesia/Pensamentos Onde andas 2 840 01/10/2011 - 23:00 Português
Poesia/Pensamentos Fez-se Noite...Fez-se Dia 5 2.089 01/06/2011 - 19:06 Português
Poesia/Meditação Última Lua 1 479 12/27/2010 - 23:34 Português
Prosas/Outros Onde os segredos ganham forma 0 901 12/26/2010 - 20:49 Português