CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

De que vale tudo isso?


De que vale toda essa ideologia
De uma cidade hospitaleira
O discurso de uma beleza cultural
Ou de uma cultura histórica no entorno da cidade
Do seu povo que constrói, com muito trabalho,
O solo em que estamos agora?

De que vale tudo isso
Que dizem as suas autoridades
Aqueles que forma escolhidos para representar o povo
E que só representam os interesses particulares
Principalmente das oligarquias da cidade?
De que valem os discursos demagógicos
Dos que acreditam ser intelectualmente superiores
À maioria da população?

De que vale as fotos bonitas nas páginas dos jornais
No site da secretaria de turismo
Quando os casarões antigos estão caindo aos pedaços
No centro da cidade?

De que vale essa ideia de proteção ao meio ambiente
Quando se derruba mais uma área verde
Para a construção de casinhas governamentais
E espremem as famílias pobres como se fossem sardinhas
Em bairros mal atendidos pelo poder público?

De que vale o meu lamento ao ver tudo isso
E não poder fazer praticamente nada
Que possa mudar essa triste situação
Porque as pessoas desta cidade já escolheram
Os seus digníssimos representantes legislativos.

De que vale as moções de aplausos
Apenas para uma meia dúzia de gato pingado
Que não representa a verdadeira história desse lugar
Enquanto centenas de cidadãos
Estão cansados de tentar uma vaga de emprego?

De que vale esse meu desabafo
Quando pessoas estão nas filas de atendimento
Esperando que uma viva alma possa lhe atender
Para tentar amenizar a sua angústia.

Essa é a grande pergunta
Para as mentes pensantes dessa cidade
De que vale tudo isso?

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, maio 28, 2022 - 14:05

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 horas 14 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8344

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Implacável 3 149 03/17/2022 - 18:39 Português
Poesia/Amor A fagulha do amor alado 3 293 03/16/2022 - 18:47 Português
Poesia/Amor Sintonia 3 246 03/15/2022 - 18:45 Português
Poesia/Pensamentos Apenas o som da chuva 3 228 03/14/2022 - 19:27 Português
Poesia/Meditação O silêncio dos inocentes 3 211 03/11/2022 - 19:59 Português
Poesia/Pensamentos A verdade que nunca foi dita 3 307 03/10/2022 - 18:39 Português
Poesia/Amor Lutar contra o coração é difícil 3 149 03/09/2022 - 19:29 Português
Poesia/Meditação Uma porta se abriu 3 143 03/08/2022 - 20:31 Português
Poesia/Amor Não passava de uma aventura 3 248 03/07/2022 - 23:44 Português
Poesia/Desilusão Não se pode mandar no coração 3 203 03/07/2022 - 12:19 Português
Poesia/Amor Por onde anda aquela saudade 3 178 03/06/2022 - 12:18 Português
Poesia/Pensamentos Um pensador cacerense disse... 3 233 03/05/2022 - 11:57 Português
Poesia/Meditação Livre e inabalável como o próprio vento 3 159 03/05/2022 - 11:52 Português
Poesia/Pensamentos O que tem do outro lado do muro? 3 181 03/04/2022 - 17:38 Português
Poesia/Amor Amor sem fim 3 236 03/03/2022 - 23:05 Português
Poesia/Meditação Se não sabes para onde vais 3 231 03/03/2022 - 12:25 Português
Poesia/Alegria Deixa-me viver 3 187 03/03/2022 - 01:11 Português
Poesia/Amor O sol não me disse nada 3 169 03/02/2022 - 12:44 Português
Poesia/Intervenção O comboio da morte na Ucrânia 3 170 03/01/2022 - 19:23 Português
Poesia/Paixão É muito amor no coração 3 293 03/01/2022 - 12:39 Português
Poesia/Intervenção Uma outra bomba que cai 3 345 02/28/2022 - 12:28 Português
Poesia/Intervenção O mal que há em nós 3 263 02/27/2022 - 12:14 Português
Poesia/Desilusão Quero poupar suas lágrimas 3 186 02/26/2022 - 12:52 Português
Poesia/Paixão Quase imperceptível 3 160 02/25/2022 - 17:31 Português
Poesia/Intervenção A guerra não faz sentido 3 357 02/24/2022 - 11:58 Português