CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DEAMBULAVA PELAS VIELAS

Passeava pela escura cidade
E vi vultos, capas e batinas
Bengalas, chapéus e meninas
Provindos duma faculdade

Contentes pelas tristes pielas
Gritavam e caíam por todo lado
Ecoavam seus gritos nas vielas
Cada um distinto na voz e no fado

E uma ou outra luz nas janelas
Se viam acender com brevidade
Eram os moradores daquelas
Ruas, irados pela má sonoridade

A um recôndito cotovelo da rua
Sós, desmaiavam dois avinhados
Acompanhados pela vodka crua
Dum garrafão ferrete cor de lua

Tinha por esta altura sido festa
A tão chamada queima das fitas
Em que qualquer um vi-a nesta
Uma fuga ao estado de caloiro

E onde as velozes ambulâncias
Salvam grogues da negra morte
Alongando as suas infâncias
Pelo trabalho e não pela sorte…

QUEIMA DAS FITAS (Coimbra),PRIMAVERA 2009 ...

Eternamente: Luís Camões

Submited by

terça-feira, junho 9, 2009 - 23:51

Poesia :

No votes yet

camoes

imagem de camoes
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 21 semanas
Membro desde: 01/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 186

Comentários

imagem de Henrique

Re: DEAMBULAVA PELAS VIELAS

Bom poema, gostei de ler! :-)

imagem de jopeman

Re: DEAMBULAVA PELAS VIELAS

Este poema é como se fosse uma foto...
Gostei imenso
Abraço

imagem de Isabel

Re: DEAMBULAVA PELAS VIELAS

Retrato nú e crú da vida de um caloiro em plena queima... :-)

A verdade nunca fez mal a ninguém... lol... gostei.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of camoes

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O rotineiro poema 2 666 05/23/2011 - 14:55 Português
Videos/Perfil 227 0 622 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 226 0 777 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 223 0 757 11/24/2010 - 22:51 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 1.428 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 810 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 824 0 907 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 825 0 906 11/24/2010 - 00:35 Português
Poesia/Amizade AMIZADE AUTÊNTICA 0 561 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Aforismo {Empty title} 0 549 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Soneto EU SOU AQUELE 2 489 03/06/2010 - 23:45 Português
Poesia/Geral DEAMBULAVA PELAS VIELAS 3 517 03/06/2010 - 15:26 Português
Poesia/Geral Levem-me as palavras,deixem-me a saudade 2 442 03/05/2010 - 03:30 Português
Poesia/Dedicado Ressurgir 3 597 03/04/2010 - 19:30 Português
Poesia/Amor FOLHA RUBRA 1 579 03/04/2010 - 16:12 Português
Poesia/Geral Ah! Como queria ter um belo barquinho 2 716 03/04/2010 - 12:59 Português
Poesia/Soneto A GUERRA 4 595 03/03/2010 - 19:14 Português
Poesia/Intervenção OPULENTOS E ESTADISTAS 1 556 03/03/2010 - 15:56 Português
Poesia/Soneto EM VÃO 3 412 03/03/2010 - 15:34 Português
Poesia/Soneto LAMPEJOS D’ ALMA 1 433 03/03/2010 - 15:33 Português
Poesia/Erótico O FESTIM RUBRO 2 452 03/03/2010 - 15:28 Português
Poesia/Soneto O CÁLICE SONORO 3 467 03/03/2010 - 15:05 Português
Poesia/Soneto AS FLORES DO ARCO-ÍRIS 3 515 03/03/2010 - 03:53 Português
Poesia/Geral AS DOZE HORAS DE VIAGEM 2 615 03/02/2010 - 20:29 Português
Poesia/Soneto APROVEITA A OPORTUNIDADE 2 499 03/02/2010 - 20:16 Português