CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Deixa-me viver

Já não temo a solidão que me devora
Nem temo a incerteza do amanhã
O que importa de fato
É viver com a certeza da alegria
Que existe nos dias que ainda estão por vir.

Deixa-me viver
Nada pode tirar de mim o sonho
O que a minha imaginação deseja
No horizonte hei de encontrar
Porque nada pode desfazer o que há de acontecer.

Não temo as agruras da vida
Todos tem os seus dias ruins
Só não posso parar na caminhada
Porque sonhos não se realizam quando dormimos
Acontecem quando lutamos para vivê-los.

Já não olho mais para trás com medo
Nada causa em mim pavor
Vivo cada dia com a paz que há em mim
Como se o mundo me pertencesse
Porque a minha alma encontrou uma razão de viver.

Abra os seus olhos e contemple
Veja a beleza diante de você
Não pode haver medo quando se quer viver
Porque a vida é o dom mais precioso
A maior dádiva que pode existir em nós e para nós.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, março 3, 2022 - 01:10

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 horas 30 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8360

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Poesia, melodia e fantasia 3 31 08/09/2022 - 23:48 Português
Poesia/Desilusão Vacilo 3 35 08/09/2022 - 19:55 Português
Poesia/Amor Onde está meu coração 3 66 08/08/2022 - 13:22 Português
Poesia/Meditação A Solidão e o Cativeiro 3 65 08/05/2022 - 19:59 Português
Poesia/Intervenção Realidade inquietante 3 63 08/04/2022 - 20:55 Português
Poesia/Desilusão Que essa ilusão morra enquanto ainda é esperança 3 84 08/03/2022 - 20:40 Português
Poesia/Amor Deixei a tarde para você 3 48 08/02/2022 - 19:04 Português
Poesia/Meditação Calmaria para o coração 3 125 08/01/2022 - 12:56 Português
Poesia/Desilusão A morte é só pedra do esquecimento 3 139 07/30/2022 - 12:48 Português
Poesia/Amor Te amei sem que eu o soubesse 3 176 07/29/2022 - 13:56 Português
Poesia/Desilusão Tento voar 3 59 07/28/2022 - 15:15 Português
Poesia/Intervenção Escravos Institucionalizados 3 101 07/27/2022 - 13:34 Português
Poesia/Amor E se eu não conseguir ler 3 129 07/25/2022 - 19:17 Português
Fotos/Artes Dia Nacional do Escritor 0 42 07/25/2022 - 12:48 Português
Poesia/Amor Quando aprendi a te amar 3 112 07/23/2022 - 13:58 Português
Poesia/Intervenção Em uma rua qualquer de algum lugar 3 94 07/22/2022 - 13:19 Português
Poesia/Intervenção Para onde caminha a humanidade? 3 271 07/21/2022 - 12:49 Português
Poesia/Meditação O melhor presente 3 86 07/20/2022 - 14:31 Português
Poesia/Intervenção A miséria que vira rotina 3 144 07/19/2022 - 22:09 Português
Poesia/Intervenção A metamorfose do futuro 3 310 07/19/2022 - 13:57 Português
Poesia/Amor No peito um coração que sorria 3 107 07/18/2022 - 22:33 Português
Poesia/Pensamentos Não tenho tempo a esperar 3 142 07/18/2022 - 12:46 Português
Videos/Poesia Tirado do fundo do poço - Vídeo 0 32 07/17/2022 - 15:41 Português
Videos/Poesia Onde estão todas as crianças perdidas? 0 47 07/16/2022 - 15:40 Português
Poesia/Intervenção Onde estão todas as crianças perdidas? 3 144 07/15/2022 - 18:56 Português