CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DEIXEM-ME PENSAR

Deixem-me pensar

 

Deixem-me pensar não pensem em mim,

Eu fico bem penando daqui para ali,

Dando liberdade ao meu pensamento,

Não prendê-lo, deixá-lo ir com o vento,

Para fazer pensar por onde ele passe,

Mas outros pensamentos não ameace.

 

Quero pensar sozinho para ir libertando,

As minhas ideias que vão voando,

Não quero que elas parem dentro de mim,

Não quero que elas apenas fiquem aqui,

Não quero solidão para mim e para elas,

Quero que as ideias não pensem só nelas.

 

Há outros pensamentos para além do meu,

Que não conheço, não me quero tornar ateu,

 Dos outros pensamentos sem ignorar,

Que além de mim, há mais gente a pensar,

Não igual a mim, a diferença eu respeito,

Não quero que pensem só do meu jeito.

 

O pensamento é até pode ser criador,

Não de travões mas de liberdade e de amor,

Pelo menos que o pensamento seja livre,

Pois ninguém o pode matar, é um tigre,

Que pode ser também selvagem ou não,

Mas sai sempre de dentro do meu coração.

 

O pensamento nasceu sempre para voar,

Ninguém o vê, nem ninguém o pode travar,

É como o vento que ninguém o pode prender,

Ele nasce, cria, age até ao tempo de morrer,

É sempre livre é a única coisa que não se perde,

Nasce, vive e morre até que alguém o herde.

 

Cada pensamento tem o seu próprio dono,

O pensamento nunca fica ao abandono,

Dorme sempre em cada mente onde nasce,

Fazendo ou não efeito por onde ele passe,

Mas ninguém o consegue travar,

Assim como vem, vai, ele anda sempre no ar.  

 

Tavira, 17 de Julho de 2011-Estêvão

Submited by

domingo, dezembro 1, 2013 - 00:09

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 21 semanas 1 dia
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 1.163 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 619 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 625 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.071 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.155 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.157 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 1.119 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.187 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.261 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 685 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 815 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 905 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 1.016 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.276 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 994 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 746 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 891 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 778 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 812 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 832 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 882 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.780 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.577 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 920 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 964 12/07/2016 - 12:01 Português