CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DESPEDIDA LENTA

Na
garganta
o travo amargo.

Na
alma
um morrer
a pouco e pouco.

Despedida lenta
que me corrói
os poros do corpo.

Tristes olhos.

Olhar seco em saudade.

Dor tão viva
quanto o repenicar
dos sinos em momentos
de agonia.

Grito de tão longe.

Desse longe
que a coruja pia
a sepultura
que
habitarei
um dia.

                                                                                                              Desço
                                                                                                                          
lentamente
                                                                                                                                                 os
                                                                                                                                                       degraus
                                                                                                                                                                       da
                                                                                                                                                                             vida.

 

Submited by

quarta-feira, maio 11, 2011 - 23:43

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 semanas 4 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de MarneDulinski

DESPEDIDA LENTA

Triste e fúnebre poema, só posso dizer adeus!

Meus parabéns,

Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor QUERO-TE COMO AS PLANTAS QUEREM A ÁGUA 1 1.013 02/09/2011 - 15:16 Português
Poesia/Amor SOLIDÃO A DOIS 1 651 02/04/2011 - 23:20 Português
Poesia/Tristeza NA NUDEZ DOS MEUS OLHOS 1 1.217 01/30/2011 - 02:58 Português
Poesia/Amor QUERO O BEIJO DA VIDA DOS TEUS LÁBIOS 0 1.100 01/30/2011 - 00:21 Português
Poesia/Amor AO COLO DA NOITE CONTIGO ME DEITO 0 810 01/27/2011 - 01:21 Português
Poesia/Amor INQUIETA RAZÃO DE SER TUA 1 618 01/26/2011 - 22:38 Português
Poesia/Tristeza Se as minhas lágrimas te devolvesem à vida eu seria um rio... 2 2.526 01/24/2011 - 04:00 Português
Poesia/Amor QUERER 3 1.345 01/24/2011 - 03:54 Português
Poesia/Tristeza ÂNSIAS LOUCAS 0 1.652 01/22/2011 - 18:07 Português
Poesia/Amor IMORTAL AMOR 1 846 01/22/2011 - 12:10 Português
Poesia/Tristeza FÚRIA DO CÉU QUE NÃO ME VEM BUSCAR 1 692 01/20/2011 - 21:22 Português
Poesia/Amor AMOR SUBLIME 1 906 01/19/2011 - 21:29 Português
Poesia/Amor SAUDADE DE TI.. 1 2.370 01/19/2011 - 00:10 Português
Poesia/Amor Adormecer no pensamento de um beijo teu. 4 2.260 01/19/2011 - 00:07 Português
Poesia/Amor SENTE O MEU BEIJO À BOLEIA DO TEU PENSAR 5 918 01/19/2011 - 00:05 Português
Poesia/Intervenção LIBERDADE 2 425 01/18/2011 - 23:28 Português
Poesia/Amor NOS BRAÇOS DO AMOR 2 879 01/18/2011 - 23:05 Português
Poesia/Amor JUNTO DE TI TUDO POSSO 3 429 01/18/2011 - 23:02 Português
Poesia/Pensamentos MORRER NA AREIA 2 1.438 01/17/2011 - 20:51 Português
Poesia/Pensamentos SOU CRISTAL BONITO QUE PARTE QUANDO CAI 4 895 01/17/2011 - 20:43 Português
Poesia/Amizade TEUS OLHOS AZUIS 4 983 01/17/2011 - 20:35 Português
Poesia/Paixão DOCE TENTAÇÃO 2 908 01/17/2011 - 20:22 Português
Poesia/Paixão DESNUDANDO-ME 2 1.267 01/13/2011 - 22:12 Português
Poesia/Paixão SOU LUA NAS NOITES QUE ME FAZES SER TUA 3 623 01/10/2011 - 23:53 Português
Poesia/Paixão LÁBIOS CONFIDENTES DO BEIJO DESEJADO 5 1.183 01/09/2011 - 20:39 Português