CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Destino I

O destino um dia foi cruel, lançou-me para a arena da vida,

A sorte ainda me apanhou, mas fiquei dividida,

Deveria cumprir a minha trista sina ou lutar pela felicidade,

A sina era triste, fútil, fria e cheia de vaidade,

A felicidade era dura, solitária, mas cheia de verdade.

A verdade magoava, fazia crescer sentimentos e valores em mim,

Que até mesmo eu desconhecia,

A vaidade era generosa, iludia-me, dava-me elogio sem fim,

Que nem numa caixa cabia.

Entrei na minha alma bem fundo, sozinha cheia de medo,

Vi fúrias, mentiras, morte, negrura absoluta,

A minha alma para alguém tinha sido um brinquedo,

Ao cumprir a minha sina não tinha dado luta.

Afinal, o destino era uma coisa que deveria ser cumprida.

 

Submited by

sexta-feira, julho 29, 2011 - 10:18

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

joanadarc

imagem de joanadarc
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 43 semanas 3 horas
Membro desde: 07/17/2011
Conteúdos:
Pontos: 1571

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of joanadarc

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos És perfeito 2 1.332 07/22/2011 - 08:27 Português
Videos/Música paixão 0 1.504 07/21/2011 - 16:46 Português
Musica/Poesia "Bem que se quis" 0 3.038 07/20/2011 - 21:13 Português
Poesia/Pensamentos Doce(nte) 4 933 07/19/2011 - 09:45 Português
Musica/Poesia Music 0 1.863 07/18/2011 - 21:05 Português
Fotos/Pessoais joana darc 0 3.149 07/18/2011 - 19:18 Português