CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Destino Manifesto

Porque o mundo talvez seja melhor lá fora,
Um velho poema guardado debaixo da língua,
Um lugar que espera por um coração que chora.

E quando os cães te apanharem a espreitar à janela,
Talvez já tenhas encontrado aquilo querias ver,
Um tempo diferente de tudo, um tempo que faz doer.

E o destino é tão fácil quando o telefone toca,
E acordar é tão fácil quando alguém está à porta,
Quando as cornucópias são pássaros azuis
E então não pensas, e nada mais importa.

E quando o inverno te apanhar a espreitar à janela,
Talvez tudo o que precises esteja contigo lá dentro,
Uma cama e o silêncio da primavera a florescer,
Um retrato de infância e um amigo para te ouvir envelhecer.

E o destino é tão fácil quando a morte toca,
E adormecer é tão fácil quando nada mais importa…

Porque tinha saudades de um pouco de rima.

Submited by

domingo, agosto 22, 2010 - 21:16

Poesia :

No votes yet

jopeman

imagem de jopeman
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 18 semanas
Membro desde: 01/04/2009
Conteúdos:
Pontos: 3172

Comentários

imagem de ANAMAXIMO

Re: Destino Manifesto

João,

Com rima ou sem rima, sua poesia é uma lindeza!
Mais uma vez, parabéns!
Ana Patricia Maximo

imagem de Carlalves

Re: Destino Manifesto

Muito bonito este poema.
Boas rimas.

Carlalves

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jopeman

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão Pecados Satânicos 1 573 03/05/2010 - 03:05 Português
Poesia/Amizade Forcados 6 417 03/05/2010 - 02:53 Português
Poesia/Aforismo De que vale ser um Anjo? 3 434 03/05/2010 - 02:48 Português
Poesia/Amor Erudito ao seu respiro 2 303 03/04/2010 - 20:02 Português
Poesia/Desilusão Lusco-Fusco 3 394 03/04/2010 - 19:40 Português
Poesia/Amor Quando os olhos não te tocam 5 255 03/04/2010 - 19:39 Português
Poesia/Amor Buraco Negro 2 312 03/04/2010 - 17:10 Português
Poesia/Amor Não quero acordar 2 262 03/04/2010 - 16:29 Português
Poesia/Geral Morto-vivo 3 322 03/04/2010 - 13:40 Português
Poesia/Geral Tatuagens 3 374 03/04/2010 - 13:08 Português
Poesia/Amor Mar Amar 1 326 03/03/2010 - 16:55 Português
Poesia/Alegria Divina Existência 2 369 03/02/2010 - 15:37 Português
Poesia/Geral Hoje a chuva quase que não magoa - desafio poético 12 263 03/02/2010 - 09:02 Português
Poesia/Meditação Haverá sempre outro cigarro 10 262 02/24/2010 - 11:29 Português
Poesia/Amor Viúvo das palavras que nunca ouvirás 9 227 02/17/2010 - 15:45 Português
Poesia/Meditação O holocausto que faz sombra ao luar - desafio poético 10 423 02/05/2010 - 11:00 Português
Poesia/Dedicado Desposo a tua morte 17 324 02/01/2010 - 20:53 Português
Poesia/Paixão Caçador de mitos 16 227 01/30/2010 - 12:00 Português
Poesia/Paixão O corpo pernoita no ecrã fátuo da tua saudade 13 223 01/27/2010 - 18:23 Português
Poesia/Meditação Às escondidas com o medo 5 295 01/26/2010 - 19:26 Português
Prosas/Romance O Mercado das Sombras (Excerto) 2 365 01/17/2010 - 13:01 Português
Poesia/Paixão Domador de Luas 12 368 01/11/2010 - 21:46 Português
Poesia/Meditação Olhar da Alma - Divina Existência 12 244 12/30/2009 - 04:55 Português
Poesia/Amor No cais dos mortos 20 274 12/22/2009 - 04:16 Português
Poesia/Paixão O mundo sofre pelo tempo que te ausentas 13 320 12/22/2009 - 04:10 Português