CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A dimensão

 

Espero que o perfume morra
onde as ruas se cruzam
nas avenidas do teu peito
sufocado
no ritmo agreste da cidade.

 

Poluída a memória,
do escape ruidoso
não resta senão a fuligem das horas
que passam
demasiado devagar.

 

No túnel as luzes dos automóveis
embatem na elástica esperança
dos meus sonhos
feitos de ilusão maciça.

 

Ninguém vibra.

 

Nervosamente desço o passeio
e pouso os pés cansados
no alcatrão gasto
pelos gritos apressados
de quem provavelmente nem sabe
onde se respira
a calma
de uma tempestade.

 

Observo as mãos feridas,
ásperas.

 

Vejo nelas o vazio dos abraços
calejados
e os olhos que se escondem
debaixo das tampas de esgoto
enlameados na frieza
de um mundo dividido.

 

Olho o céu,
cerro os punhos
e recalco ainda mais o grito escuro
que atravessa um sopro
por debaixo da terra.

 

Continuo a resistir.
Como o mar.

 

A maresia ainda compreende
a dimensão do meu silêncio.

 

 

rainbowsky

Submited by

quinta-feira, outubro 27, 2011 - 00:41

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

rainbowsky

imagem de rainbowsky
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 5 semanas
Membro desde: 02/20/2010
Conteúdos:
Pontos: 1944

Comentários

imagem de MariaButterfly

Nesta dimensão ao lado, De

Nesta dimensão ao lado,
De tudo o que senti...
Como os abraços vazios...
A memória dura
Onde a esperança perdura...

E o perfume que não sinto o aroma
Que morra,

Mas continuo, como o mar...
Que vai ganhado terra.

Este frio sabe bem.
A quanto se estende meu silêncio.

Acho que a primeira parte define logo a poesia.

Espero que o perfume morra
onde as ruas se cruzam
nas avenidas do teu peito
sufocado
no ritmo agreste da cidade
.

....

e estas ultimas estrofes estão muito bonitas,

Continuo a resistir.
Como o mar.

A maresia ainda compreende
a dimensão do meu silêncio.

Gostei do teu poema agreste mas onde ainda há a luz...
Nem que seja pela esperança que não desiste.

Beijo

 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of rainbowsky

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Na dobra dos beijos 4 2.119 03/13/2018 - 16:46 Português
Poesia/Tristeza Aquela outra lágrima 11 972 03/10/2018 - 10:42 Português
Poesia/Dedicado Posso falar-te... 4 859 03/08/2018 - 18:10 Português
Fotos/Outros Grito de melancolia 1 2.432 03/08/2018 - 18:10 Português
Poesia/Tristeza Escreves ou não? 5 1.130 03/08/2018 - 18:08 Português
Poesia/Tristeza Frieza 3 1.323 02/27/2018 - 09:52 Português
Poesia/Intervenção Gestos relevantes 1 1.131 01/31/2012 - 00:02 Português
Poesia/Tristeza Mais que uma viagem 1 1.819 12/27/2011 - 00:44 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte III de III 2 1.288 12/22/2011 - 14:59 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte II de III 2 1.412 12/22/2011 - 14:41 Português
Culinária/Bolos TARTE DE MAÇÃ DO RAIN 1 1.527 11/28/2011 - 01:34 Português
Poesia/Desilusão Volátil - Parte I de III 8 1.659 11/23/2011 - 14:42 Português
Poesia/Tristeza Delírios 1 1.445 11/08/2011 - 19:42 Português
Poesia/Tristeza A verdade chega 3 1.520 11/01/2011 - 14:29 Português
Poesia/Tristeza A dimensão 1 1.624 10/27/2011 - 21:31 Português
Poesia/Tristeza Formas difíceis 3 1.531 10/25/2011 - 15:07 Português
Poesia/Tristeza Sanguessugas transversais 0 1.577 09/01/2011 - 21:12 Português
Poesia/Tristeza No avesso da alma 2 2.178 08/20/2011 - 23:27 Português
Poesia/Tristeza Luz fugitiva 2 2.290 08/15/2011 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza VIOLA ODORATA 1 2.653 08/06/2011 - 00:23 Português
Poesia/Pensamentos Murmúrio e subtileza 6 1.173 07/18/2011 - 19:44 Português
Poesia/Tristeza Sentimento 2 1.653 07/10/2011 - 12:52 Português
Poesia/Desilusão Correndo para o abismo 2 1.638 06/28/2011 - 00:52 Português
Poesia/Meditação O campo da alma 4 1.871 06/14/2011 - 12:32 Português
Poesia/Intervenção Défice geométrico 1 1.503 05/03/2011 - 22:49 Português