CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Disparar, p`ra Carago...

O teu olhar é vago
Disse-me um mago, que é difícil, ver outro assim...
Mas, se tu olhares para mim
Eu sinto um tal frenesim, dentro de mim, que quase me deixa gago

Eu fico a pensar
Se eu devo abalar, ou se eu te trago, para junto a mim...
Pois, se eu te amar
Eu decerto estrago, o que há de vago, no teu olhar

Dá-me a tua mão
E tu verás o meu coração, a bater com uma pulsação, de assustar...
Olha para mim
E tu constatarás, assim, que nunca viste outro coração, ficar tão afim

Um simples afago
Seria um bago, do quanto eu sei que tu tens, para me dar...
Dá-me o teu coração
E tu sentirás, então, a minha pulsação, disparar pr`a carago

apsferreira
 

www.albanosoaresferreira.blogspot.com

Submited by

terça-feira, novembro 1, 2011 - 09:18

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

apsferreira

imagem de apsferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 11 semanas
Membro desde: 09/21/2009
Conteúdos:
Pontos: 3458

Comentários

imagem de RZorpa

Desde o principio num

Desde o principio num delicioso ritmo em que o som das rimas desconcertam e aliviam ao mesmo tempo, desiquilibrando e equilibrando. Tal como numa bela dança, uma sequencia de desequilibrios, ou a busca permanente do equilibrio.

Muito, muito bom de trautear.

Abraço

imagem de apsferreira

Obrigado, RZorpa, pela sua

Obrigado, RZorpa, pela sua apreciação.

Fico feliz por ter gostado,

:-)

 

imagem de apsferreira

Obrigado, por o teu apreço

Obrigado, por o teu apreço e comentário, Joana.

Foi muito estimulante o ler,

:-)

imagem de joanadarc

Carago, carago, Consegues

Carago, carago,

Consegues realmente, expressar estas sensações da maneira mais eloquente e apaixonada...

Aprecio verdadeiramente a tua forma de escrever acerca de amor, paixão e caragos (lol).

Muito bom, aliás tão bom, que ao ler-te até parecia que me relia, que olhava para um espelho e me via lá reflectida..

Parabéns!!!

Joana

 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of apsferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral E eu escrevo... 4 1.030 12/09/2013 - 02:13 Português
Poesia/Amor Incúria 8 659 11/20/2013 - 17:49 Português
Poesia/Dedicado Saudade 2 499 01/30/2013 - 23:43 Português
Poesia/Aforismo As Pessoas, Que São Boas 0 552 01/28/2013 - 03:20 Português
Poesia/Aforismo Brumas, no Olhar 2 733 01/21/2013 - 02:54 Português
Poesia/Aforismo Ah, Catraia Tonta... 0 783 01/20/2013 - 20:54 Português
Poesia/Amor A Irracionalidade do Amor 2 574 01/20/2013 - 20:34 Português
Poesia/Amizade O Teu Sorriso 2 358 01/18/2013 - 23:29 Português
Poesia/Amor Pedido, à Minha Estrelinha 2 592 10/19/2012 - 13:41 Português
Poesia/Amor Será, Que Tu Já Te Apercebeste, Meu Amor? 0 795 10/18/2012 - 05:55 Português
Poesia/Dedicado A Cor da Vida 0 841 10/11/2012 - 22:19 Português
Poesia/Fantasia Eu Sonho O Teu Despertar 0 854 10/09/2012 - 12:14 Português
Poesia/Dedicado Quer Quer Viver Para Sempre? 0 608 10/05/2012 - 07:53 Português
Poesia/Amor Ouve, Meu Amor... 0 586 10/04/2012 - 08:01 Português
Poesia/Paixão Apenas, Imaginação... 0 766 09/30/2012 - 11:13 Português
Poesia/Amor Eu quero-te, porque te quero 0 862 09/26/2012 - 03:53 Português
Poesia/Dedicado Desejos de Amor 0 655 09/24/2012 - 05:38 Português
Poesia/Meditação Porquê? 0 520 09/22/2012 - 04:03 Português
Poesia/Meditação Senhor... 0 801 09/19/2012 - 04:28 Português
Poesia/Dedicado Eu Viajo com o Teu Sorriso 0 634 09/17/2012 - 11:49 Português
Poesia/Soneto Alma de Mulher 0 983 09/09/2012 - 20:48 Português
Poesia/Aforismo Quando Muda O Mês 0 639 09/01/2012 - 19:41 Português
Poesia/Meditação Por "Trinta Dinheiros" 2 895 08/28/2012 - 17:51 Português
Poesia/Amor Incursão 0 752 08/21/2012 - 19:55 Português
Poesia/Aforismo Este Meu Fado 1 587 08/08/2012 - 02:48 Português