CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DO AMOR DECLARADO

DO AMOR DECLARADO

tem pátina velha as palavras de amor
desta férrea declaração de sentidos
mão forjada no fogo fel amargor
dos sentimentos esquecidos

por mais que a buril o pensamento
do cinzel gasto de lembranças
há lascas perdidas pelo tempo
como cacos velhos de faianças

o amor ah o amor assim perdido
não lembra esculpir tal sentir
esbotenado assim ferido
na hora insana de o partir

entrelinhas como se fora de papel
adivinhando quem o sente e subentende
escrito rasgo a queimar à flor da pele
lavra de fogo coração de quem o sente

dos cinco sentidos o amor declarado
chama acesa de delírios inconfessos
temperamental torpor inominado
de tantos martírios perversos

musa

Submited by

quinta-feira, dezembro 19, 2013 - 12:53

Poesia :

No votes yet

musarenascentista

imagem de musarenascentista
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 18 semanas
Membro desde: 05/05/2011
Conteúdos:
Pontos: 1076

Comentários

imagem de angelofdeath

poema

Mais uma vez gosto teu poema, embora ache que neste exageras em certos versos nos adjectivos e certas palavras mais requintadas que utilizas, abalam um pouco o ritmo e melodia do poema mas é apenas a minha opinião. :)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of musarenascentista

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia ADEUS A UMA ANDORINHA 0 754 10/07/2012 - 13:00 Português
Poesia/Fantasia ALMA PEREGRINA 0 422 10/07/2012 - 12:58 Português
Poesia/Dedicado para o João ... HAVERÁ 0 800 10/07/2012 - 12:56 Português
Poesia/Fantasia DUETO com MARIA TERESA HORTA - POEMA SOBRE A RECUSA 1 753 10/07/2012 - 12:53 Português
Poesia/Fantasia DUETO com DAVID MOURÃO-FERREIRA - PRESÍDIO 0 508 09/20/2012 - 16:45 Português
Poesia/Intervenção MÃO DO SENTIR 0 561 09/20/2012 - 16:45 Português
Poesia/Fantasia OSSOS E PÓ 3 465 07/29/2012 - 07:49 Português
Poesia/Fantasia SILÊNCIO DESSE SENTIR 0 470 07/27/2012 - 19:57 Português
Poesia/Fantasia TRINDADE DO SENTIR 0 487 07/27/2012 - 19:55 Português
Poesia/Fantasia VENHO DO CAMPO 0 370 06/07/2012 - 15:27 Português
Poesia/Fantasia SÚPLICA - DUETO COM MIGUEL TORGA 0 568 06/07/2012 - 15:26 Português
Poesia/Fantasia SENTIR ILUSTRADO 0 706 06/07/2012 - 15:23 Português
Poesia/Desilusão PERDIDA DENTRO DE MIM 1 700 04/22/2012 - 22:16 Português
Poesia/Fantasia TUA BOCA 1 416 04/22/2012 - 18:31 Português
Poesia/Fantasia NESTE CORPO QUE É MEU 0 284 04/22/2012 - 17:08 Português
Poesia/Fantasia CAVALO DO TEMPO 4 418 04/22/2012 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia FLORES E CHUVA 4 789 04/22/2012 - 16:56 Português
Poesia/Dedicado NOSTALGIA D'ALDEIA 0 669 04/11/2012 - 18:12 Português
Poesia/Dedicado FIM DE CENA 2 401 04/11/2012 - 18:08 Português
Poesia/Fantasia ALMA PORTO SOLIDÃO 1 705 12/21/2011 - 11:51 Português
Poesia/Fantasia AVENIDA DOS ALIADOS 2 829 12/19/2011 - 23:38 Português
Poesia/Fantasia PASSOS NUS NA CIDADE 0 496 12/19/2011 - 17:38 Português
Poesia/Fantasia MAR DE VAGAS 0 524 12/15/2011 - 12:37 Português
Poesia/Dedicado PRESÉPIO DE SOMBRAS 0 3.290 12/15/2011 - 12:32 Português
Poesia/Dedicado NATAL 0 426 12/15/2011 - 12:29 Português