CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DOIS MUNDOS-UMA VIDA!

Já nada do que fazia
num tempo muito distante,
pouco estável, muito errante
que vivia, dia-a-dia,
faz parte do meu presente.
De programa organizado
partia, nesse passado,
e permanecia ausente
até conseguir, reunidas,
várias colecções de roupa.
Muita.., chique. Simples…, pouca!
Escolhia a mais preferida.
Eu tinha de trabalhar
de modo a deixar contentes
vários tipos de clientes
difíceis de contentar.
Na mulher simples e culta,
de gostos sóbrios, simplistas,
que não quer é dar nas vistas,
o clássico…, resulta.
Mas há outras…, extravagantes,
que gostam de lantejoulas
e, como são muito louras,
são dos brilhos, muito amantes.

Minha vida está mudada!
E eu? como estou agora,
comparando com outrora?
Cá na “je”, não mudou nada…
Quando sinto que vou mal…,
procuro o que faz efeito:
faço tudo do meu jeito!
Continuo…., tal e qual!

Maria Letra
2013-06-17     

Submited by

segunda-feira, junho 17, 2013 - 01:36

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 semanas 14 horas
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2218

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Intervenção GLOBALIZAÇÃO 0 643 07/13/2013 - 18:07 Português
Poesia/Geral MEUS MININO D'OIRO 0 2.733 07/23/2013 - 13:24 Português
Poesia/Amor MESMO QUE EM SONHO 0 763 07/26/2013 - 17:53 Português
Poesia/Geral MUDAR DE RUMO 0 726 07/30/2013 - 20:31 Português
Poesia/Intervenção AMBIÇÕES CORRUPTAS 0 768 07/27/2013 - 00:02 Português
Poesia/Geral RELATO DUMA HERANÇA 0 441 07/29/2013 - 01:38 Português
Poesia/Geral INDIFERENÇA 0 840 08/09/2013 - 17:52 Português
Poesia/Amor ETERNAMENTE..., O AMOR! 0 856 08/06/2013 - 21:04 Português
Poesia/Geral A CULPA NÃO É DO DIA (de quem é, então?) 0 1.531 08/03/2013 - 18:46 Português
Poesia/Geral VIAJANTES SEDENTÁRIOS 0 807 08/04/2013 - 15:12 Português
Poesia/Amor JÁ NADA ME PRENDE AQUI 0 1.386 08/04/2013 - 21:28 Português
Poesia/Tristeza SAUDADE 0 408 08/05/2013 - 12:18 Português
Poesia/Poetrix ESPAÇOS MEUS 0 1.303 08/09/2013 - 10:55 Português
Poesia/Tristeza MORTE, LEGADO ODIADO 0 757 08/16/2013 - 19:10 Português
Poesia/Tristeza PERDÃO, MÃE! 0 2.693 08/13/2013 - 10:45 Português
Poesia/Tristeza TEMPOS QUE O TEMPO TE DEU 0 1.144 08/15/2013 - 11:08 Português
Poesia/Geral O LADO MAU DA CULTURA 0 737 08/11/2013 - 18:00 Português
Poesia/Geral PROJECTO DE VIDA 0 880 08/17/2013 - 10:02 Português
Poesia/Poetrix SATURAÇÃO 0 716 08/17/2013 - 10:29 Português
Poesia/Geral PROCESSO LENTO 0 1.061 08/20/2013 - 19:17 Português
Poesia/Amor MEU SENTIR-TE 0 824 08/17/2013 - 13:38 Português
Poesia/Geral O HAVER DEVE MUITO AO SALDO 0 1.029 08/19/2013 - 00:03 Português
Poesia/Geral PORQUÊ SETEMBRO? 0 697 08/25/2013 - 11:56 Português
Poesia/Geral A NATUREZA E NÓS 0 866 08/25/2013 - 16:20 Português
Poesia/Geral A MORTE TRAINDO A VIDA 0 573 09/06/2013 - 21:20 Português