CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A dor do amor depois da partida

Eu hoje sei que é amor verdadeiro
O que eu sinto por você.
E sei, porque você não está aqui
Depois de tudo que fiz para te perder.
A dor do amor depois da partida
Rasga o coração na madrugada
Tira-nos o sono e traz a angustia no lugar
E não há nada que possa fazer.
Eu era um bom rapaz
Só não soube valorizar o seu carinho
Preferia na minha solidão andar sozinho
Sem saber que a sua ausência doía tanto.
Não vou pedir para que volte
Eu mesmo já não quero isso
Os seus olhos cansados das lágrimas
Já começam a secar
E não tenho o direito de, outra vez, os magoar.
Sigo o meu destino sem você
Carregando a dor do arrependimento
De não ter valorizado tão meigo olhar
Que era direcionado ao meu coração.

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, novembro 15, 2018 - 15:20

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 horas 3 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3412

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Se for para viver esse amor 0 273 01/22/2016 - 18:08 Português
Poesia/Amor O sorriso que vem do coração 0 408 01/22/2016 - 18:07 Português
Poesia/Meditação A vida do homem sem Deus 0 325 01/20/2016 - 18:15 Português
Poesia/Amor A beleza do seu coração 0 529 01/20/2016 - 18:13 Português
Poesia/Amor Por amor 0 305 01/20/2016 - 18:11 Português
Fotos/Natureza Uma Eternidade Numa Pequena Fração de Tempo 0 1.004 01/12/2016 - 20:08 Português
Poesia/Meditação Controle 0 325 01/12/2016 - 20:02 Português
Críticas/Filmes Solidão e desespero do homem sem Deus – Uma análise do filme Taxi Driver 0 1.234 01/08/2016 - 19:14 Português
Poesia/Amor Uma Eternidade Numa Pequena Fração de Tempo 0 359 01/08/2016 - 19:05 Português
Poesia/Amor Como os ponteiros de um relógio 0 441 01/08/2016 - 19:03 Português
Poesia/Meditação A Pedra 0 555 01/06/2016 - 20:59 Português
Poesia/Amor A melodia de uma canção eterna 0 886 01/04/2016 - 22:03 Português
Prosas/Pensamentos Quero subir o mais alto que eu puder 0 352 12/22/2015 - 15:18 Português
Prosas/Pensamentos Vale a pena ter nascido 0 315 12/22/2015 - 15:15 Português
Poesia/Amor O que vejo em seus olhos 0 780 12/22/2015 - 15:13 Português
Poesia/Meditação Que sociedade é essa? 0 379 12/21/2015 - 20:13 Português
Poesia/Amor Que minha alma consiga expressar a razão do meu amor 0 759 12/14/2015 - 19:20 Português
Poesia/Desilusão A solidão me ajuda a caminhar 0 392 11/24/2015 - 01:07 Português
Poesia/Meditação O Doce Amargo da Tragédia 0 227 11/16/2015 - 21:49 Português
Poesia/Amor Se distante de mim você sorrir 0 559 10/28/2015 - 02:28 Português
Poesia/Pensamentos A agonia de querer ser livre 0 497 10/22/2015 - 02:30 Português
Prosas/Lembranças Poema de amor não correspondido 0 520 10/17/2015 - 02:18 Português
Poesia/Meditação Corra com os cavalos 0 424 10/16/2015 - 02:18 Português
Poesia/Meditação Tudo no mundo são sombras que passam 0 386 10/06/2015 - 15:36 Português
Poesia/Tristeza Não te encontrarei antes da noite 0 434 10/01/2015 - 02:12 Português