CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ecce Homo

Vestes a melhor túnica e o espera chegar
Seus olhos admirados estão
Anseia por ver aquele de que tanto ouves falar
O homem que tira outros homens da solidão.

A porta, então, até o fim é aberta
E uma luz ofusca sua visão
Espera até suas vistas ser descoberta
Para contemplar com perfeição.

Diante dele está um jovem radiante
Que traz consigo um grande esplendor
Pilatos, então se vê diante
Aquele declarado como Salvador.

És tu o rei dos Judeus?
De seus lábios é a pergunta que sai
Tu o dizes ou um dos seus
Homens que da terra cai.

Eis o homem! A turba grita
Pois desejam vê-lo morrer
Mas não responde e nem agita
Maravilhado estou em ver.

Não vejo nele alguma culpa
Nem algo que a morte venha merecer
Mas, se o povo assim deseja, não tenho desculpa
E entrego-o a vocês para morrer.

Odair José, o Poeta Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, maio 18, 2017 - 01:06

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 15 horas 31 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4125

Comentários

imagem de Joel

Não vejo nele alguma culpa

Mas, se o povo assim deseja,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Mato Grosso em chamas 0 543 08/27/2019 - 00:39 Português
Poesia/Meditação Mauvaiseté 0 321 08/23/2019 - 23:18 Português
Poesia/Meditação Pássaros feridos 0 260 08/22/2019 - 20:04 Português
Poesia/Amor Nem tudo que penso agora 0 148 08/20/2019 - 22:19 Português
Poesia/Meditação Anjos e demônios 0 383 08/18/2019 - 16:47 Português
Poesia/Desilusão Este amor vai ser o meu fim 0 165 08/16/2019 - 00:15 Português
Poesia/Paixão Minha forma de amar 0 157 08/15/2019 - 22:09 Português
Poesia/Meditação Os tentáculos do sistema 0 438 08/15/2019 - 21:48 Português
Poesia/Amor A bailar em minha mente 0 219 08/13/2019 - 01:39 Português
Poesia/Meditação Onde estão às poesias dos que são mortos? 0 126 08/10/2019 - 19:10 Português
Poesia/Pensamentos Tudo 0 210 08/07/2019 - 19:08 Português
Poesia/Amor O amor que procurei a vida toda 0 192 08/06/2019 - 20:40 Português
Poesia/Paixão Vejo seu sorriso e fico a contemplar-te 0 515 08/05/2019 - 22:02 Português
Poesia/Meditação Medo primitivo 0 143 08/02/2019 - 18:59 Português
Poesia/Amor O Sorriso e a Lágrima 0 152 08/01/2019 - 22:19 Português
Poesia/Fantasia Jardim exótico 0 189 07/31/2019 - 19:50 Português
Poesia/Pensamentos O flanelinha e a puta (parte 2) - A puta 0 2.257 07/30/2019 - 19:28 Português
Poesia/Pensamentos O flanelinha e a puta (parte 1) - o flanelinha 0 614 07/29/2019 - 23:02 Português
Poesia/Desilusão Pensei ter ouvido você sorrir 0 145 07/28/2019 - 14:49 Português
Poesia/Amor Esperança de amor 0 141 07/26/2019 - 18:16 Português
Poesia/Desilusão A vida criou o nosso amor 0 688 07/25/2019 - 19:29 Português
Poesia/Paixão Crônica de um amor louco 0 222 07/24/2019 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos Catarse 0 702 07/23/2019 - 00:37 Português
Poesia/Meditação Alucinação (Poema sobre drogas) 0 589 07/22/2019 - 20:53 Português
Poesia/Desilusão Quando a estrada e o caminho são demais para mim 0 153 07/19/2019 - 23:09 Português