CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ecce Homo

Vestes a melhor túnica e o espera chegar
Seus olhos admirados estão
Anseia por ver aquele de que tanto ouves falar
O homem que tira outros homens da solidão.

A porta, então, até o fim é aberta
E uma luz ofusca sua visão
Espera até suas vistas ser descoberta
Para contemplar com perfeição.

Diante dele está um jovem radiante
Que traz consigo um grande esplendor
Pilatos, então se vê diante
Aquele declarado como Salvador.

És tu o rei dos Judeus?
De seus lábios é a pergunta que sai
Tu o dizes ou um dos seus
Homens que da terra cai.

Eis o homem! A turba grita
Pois desejam vê-lo morrer
Mas não responde e nem agita
Maravilhado estou em ver.

Não vejo nele alguma culpa
Nem algo que a morte venha merecer
Mas, se o povo assim deseja, não tenho desculpa
E entrego-o a vocês para morrer.

Odair José, o Poeta Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, maio 18, 2017 - 02:06

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 horas 34 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4312

Comentários

imagem de Joel

Não vejo nele alguma culpa

Mas, se o povo assim deseja,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Canção Seus olhos me perseguem 0 126 12/09/2019 - 23:50 Português
Poesia/Tristeza O brilho do sol 0 212 11/30/2019 - 01:09 Português
Poesia/Amor Cada verso é uma gota de suor 0 597 05/29/2014 - 20:23 Português
Poesia/Amor A sublime alma do poeta 0 455 06/04/2014 - 20:22 Português
Poesia/Amor Palavras certas 0 403 02/13/2016 - 14:29 Português
Poesia/Amor Se meu coração pudesse falar 0 461 06/25/2014 - 20:38 Português
Poesia/Meditação Se eu fiz isto! 0 373 06/25/2014 - 20:43 Português
Poesia/Amor Viagem 0 409 06/25/2014 - 20:46 Português
Poesia/Amor Olhos distantes 0 424 02/13/2016 - 14:27 Português
Poesia/Amor Nessa noite de inverno 0 373 06/27/2014 - 22:57 Português
Poesia/Meditação As palavras que saem da mente 0 757 06/30/2014 - 19:52 Português
Poesia/Amor Amar-te-ei por toda vida 0 928 06/30/2014 - 19:59 Português
Poesia/Meditação Solidão nunca mais 0 528 06/30/2014 - 20:02 Português
Poesia/Amor Negue-me seu amor 0 798 02/13/2016 - 14:26 Português
Críticas/Jogos A vitória da inteligência sobre a mandinga 0 1.240 07/10/2014 - 20:44 Português
Poesia/Paixão Êxtase 0 856 07/10/2014 - 21:06 Português
Poesia/Desilusão A sabedoria da ilusão 0 479 07/15/2014 - 01:20 Português
Poesia/Amor Eu busco uma estrela 0 754 07/15/2014 - 01:25 Português
Poesia/Amor Me veste de amor 0 598 07/15/2014 - 01:32 Português
Poesia/Amor Preciso ler um bom poema 0 405 07/19/2014 - 02:17 Português
Poesia/Amor Por que seu olhar vive a tentar-me o desejo 0 403 07/19/2014 - 02:19 Português
Poesia/Amor Amor, que rápido incendeia todo o coração 0 501 07/23/2014 - 20:46 Português
Poesia/Amor Amo porque amo e isso é o que basta 0 551 07/30/2014 - 20:28 Português
Poesia/Meditação Um dia, tão cheio de brisa... Lá na Palestina 0 522 08/05/2014 - 19:00 Português
Poesia/Amor Descobrindo o prazer 0 675 08/07/2014 - 20:10 Português