CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

EM LOUCOS DEVANEIOS FRENTE AO POETA, SENTADO...

 

 

 

Por vezes sofro de devaneios
E um dos mais frequentes
É o de imaginar-me poeta sem freios
Com palavras e sonhos, vestido
Embalando meu amor, para sempre…

Mas hoje imaginei-me, por momentos
Frente ao Poeta, (que desfaçatez) 
Como que por embriaguez
Dedicando-lhe pensamentos…

 

 

 

Eu sou um fingidor
E finjo tão completamente
Que finjo que é (des)amor
O amor que meu coração sente...

Sorrindo, como se dor não sentisse 
Fingimento que me abriga dessa dor
Sinto como se meu, coração dormisse
Como se tocado fosse, por teu amor…

Mas como poeta, sei que não sou
Apenas sinto desalmadamente
Finjo sim, tudo aquilo que dou…

Fazendo assim, deste amor que sinto
A dor que guardo, como se mentindo
Fugisse desse amor que choro, ausente…

:
:
:
:

http://www.worldartfriends.com/store/1289-rzorpa-meu-amor.html

:
:
:
RZorpa

Submited by

quinta-feira, novembro 17, 2011 - 19:43

Poesia :

Your rating: None (8 votes)

RZorpa

imagem de RZorpa
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 41 semanas
Membro desde: 06/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 685

Comentários

imagem de Eye Lii

Olá amigo Rui, Que bela

Olá amigo Rui,

Que bela homenagem a este grande poeta. 

Sublinho:

"Eu sou um fingidor
E finjo tão completamente
Que finjo que é (des)amor
O amor que meu coração sente..."

PS- Adorei ler o teu livro. Muitos parabéns.

 

Beijo,

Lii

imagem de RZorpa

Olá minha querida

Obrg.

Rz

imagem de Teresa Almeida

Um poeta sem freios que sente

Um poeta sem freios

que sente desalmadamente

Um lamento na voz de Buika

 arrancado à guitarra

 

Tudo sobe, penetra e arrepia

na imagem

e no teu poema Rui.

 

Parabéns.

XI Coração

imagem de RZorpa

Teresa? Pressinto o material

Teresa?

Pressinto o material de que te é feita a pele e o coração. E faço-o apenas pela expressão, pelo que não enjeitas sentir e dizer que sentes... É-me familiar esse jeito e apenas por isso, pressinto... :)))

Obrigado pelas palavras!

Abraço-te

Rui 

imagem de MariaButterfly

sentado frente ao

sentado frente ao espelho...
finjo não ser quem sou.
finjo não querer aquilo que quero...
tamanha é a imensidão do meu sentir
prefiro fingir...
do que olhar a face
e por isso choro...

gostei muito muito mesmo!

beijo
 

imagem de RZorpa

Maria? Deixa-me um cobertor,

Maria?

Deixa-me um cobertor, que seja
Que em noites mais frias, a alma me proteja... 
Pode ser?

Muito mesmo, está para lá do muito mais, que eu à espera estivesse... 

Agrdecendo te beijo!

Rui 
 

imagem de nunomarques

Olá Rui, Só não se inspira e

Olá Rui,

Só não se inspira e só não se influencia com aquilo que é grande, com o belo, quem não sente, ou quem é demagogo o suficiente para apelar contra a natureza do ser humano. Temos tantos, tantos exemplos na nossa sociedade de retóricas demagogas, conduzidas no sentido único de atentar contra a liberdade do homem, manipular e condicionar a sua acção. O homem é naturalmente livre, deve sentir e fazer sentir, ser influenciado e influenciar o que o rodeia e quem o rodeia e utilizar este veiculo de interacção como meio para elevar o seu bem-estar e o bem-estar dos que com quem se relaciona.

Fernando Pessoa com todo o seu génio inigualável, foi ele também em determinados momentos da sua vida, influenciado e inspirado por correntes filosóficas, correntes espirituais, poetas, demagogos, políticos, pela sociedade em geral. Deixou-nos a grandeza da sua obra, para que ela possa inspirar e influenciar quem a quiser sentir e admirar e porque não homenagear.

Fernando Pessoa teria gostado certamente desta tua homenagem, alias quem não aprecia uma homenagem, uma menção, uma palavra, um carinho, um gesto.

Eu gostei e gosto de te ler.
Abraço          
 

imagem de RZorpa

"Só não se inspira e só não

"Só não se inspira e só não se influencia com aquilo que é grande, com o belo, quem não sente, ou quem é demagogo o suficiente para apelar contra a natureza do ser humano. Temos tantos, tantos exemplos na nossa sociedade de retóricas demagogas, conduzidas no sentido único de atentar contra a liberdade do homem, manipular e condicionar a sua acção. O homem é naturalmente livre, deve sentir e fazer sentir, ser influenciado e influenciar o que o rodeia e quem o rodeia e utilizar este veiculo de interacção como meio para elevar o seu bem-estar e o bem-estar dos que com quem se relaciona.

Fernando Pessoa com todo o seu génio inigualável, foi ele também em determinados momentos da sua vida, influenciado e inspirado por correntes filosóficas, correntes espirituais, poetas, demagogos, políticos, pela sociedade em geral. Deixou-nos a grandeza da sua obra, para que ela possa inspirar e influenciar quem a quiser sentir e admirar e porque não homenagear." - Nuno Marques

A eloquência deste texto exige SILÊNCIO... Que não perturbe a sua compreensão e sentido de oportunidade!

MUITO OBRIGADO, Nuno!

Rui

imagem de Ka Santos

Poeta que sente...

Hei de me encolher perante teu tamanho... MInha pequenez se assuta diante de teus versos... Por vezes somos os mais fingidores poetas...como diz o mestre F Pessoa.. e é esse teu fingimento que abraça todos os latros de sol que imenso, que vive em ti... Não há poeta que não nasça da dúvida, do sentimento e da dor, mesmo sendo ela doce... Tua poesia vive sentada no colo de uma alma que explode e não sabe...de um coração que ama, mas teme... de um talento nato e perene...

Parabéns poeta das luzes...tu irradias sentimento a todos nós...

 

imagem de RZorpa

Minha querida que saudades do

Minha querida que saudades do teu sorriso e palavras... Eu desculpo-as tão gentis, porque não te resisto à forma e sorriso laugh

Percebo que estás numa excelente forma poética e chegam-me ventos que me cantam novidades sobre teus feitos fora deste fantástico espaço. Aliás merecidíssimos, pelo teu grande talento e sentido, poéticos. PARABENS e espero novidades sobre o teu feito. A WAF merece saber-te reconhecida fora destas fronteiras. Só nos valoriza a todos, que gostamos de poesia e contigo convivemos. Conto com a tua ausencia de modéstia e coragem, sim? laugh

Estás proibida de, seja a que pretexto for, voltar a ausentar-te por tanto tempo!!!

Beijos enormes e obrigado pelas tuas gentilissimas palavras.

RZorpa

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of RZorpa

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado PORQUE HOJE, TE BEIJARIA SEM FIM... 4 1.066 05/10/2012 - 18:23 Português
Poesia/Dedicado "MEU AMOR?"... MAIS QUE UM LIVRO! 19 2.573 02/23/2012 - 11:22 Português
Poesia/Dedicado A TI, DESTINADO PERFUME... 7 1.236 02/05/2012 - 16:41 Português
Poesia/Dedicado CUMPLICE QUE ME ROUBAS A DOR… 6 1.660 01/02/2012 - 01:02 Português
Poesia/Dedicado EM LOUCOS DEVANEIOS FRENTE AO POETA, SENTADO... 22 2.193 11/29/2011 - 05:12 Português
Videos/Poesia ETERNAMENTE... 6 1.857 11/28/2011 - 13:19 Português
Fotos/Eventos "Meu Amor?" - TODOS SERÃO POUCOS... 6 1.771 11/16/2011 - 04:57 Português
Poesia/Dedicado QUE NUM MOVIMENTO, ME ARRANQUE DE TI… 11 1.867 11/16/2011 - 04:38 Português
Poesia/Dedicado TODOS SERÃO POUCOS... MAS CADA ABRAÇO, TERÁ O TAMANHO DO MUNDO! 17 1.665 11/01/2011 - 14:36 Português
Poesia/Dedicado SINTO MUITO, MEU AMOR... 3 1.591 10/31/2011 - 00:20 Português
Poesia/Dedicado O TODO - Corpo e Alma...! 39 3.519 10/24/2011 - 23:49 Português
Fotos/Outros MEU AMOR? 8 1.626 10/22/2011 - 17:00 Português
Poesia/Dedicado ALBUFEIRA, A LAGOA ONDE O SONHO SE PÔS, COM O SOL… 2 1.416 10/18/2011 - 06:40 Português
Poesia/Dedicado O PASSO A PASSO DE UM TODO - O mais importante dos passos 7 1.918 10/17/2011 - 20:43 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Fragmentos 8 1.852 10/15/2011 - 16:41 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - Post Scriptum 6 1.111 10/10/2011 - 02:07 Português
Poesia/Dedicado O DESEJO QUE O MEU DESEJO TEM, DE TANTO DESEJAR… 15 2.667 10/10/2011 - 01:10 Português
Poesia/Amor O PASSO A PASSO DE UM TODO - O titulo 2 996 10/08/2011 - 06:16 Português
Poesia/Dedicado MARIA 6 1.445 10/06/2011 - 22:12 Português
Poesia/Dedicado E OS CORPOS... PORQUE SE ESCONDEM? 8 1.556 09/30/2011 - 06:41 Português
Poesia/Dedicado FIO QUE SE DESVANECE, DOENDO... 13 1.876 09/26/2011 - 06:29 Português
Poesia/Fantasia O PODER QUE O SONHO DÁ, DE SER… 6 1.152 09/22/2011 - 21:22 Português
Poesia/Dedicado NA VULNERABILIDADE DO SUPLÍCIO... 4 2.256 09/07/2011 - 01:49 Português
Poesia/Dedicado O QUE ME DIZ O VENTO, DAQUILO QUE O TEMPO TE DIRÁ … 0 1.610 09/05/2011 - 18:00 Português
Poesia/Dedicado UM DIA CHEGARÁ, EM QUE ATÉ O SONHO DESISTIRÁ… 1 1.346 08/25/2011 - 19:02 Português