CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Emoções

Música legal! volume alto ao extremo
Somente o que faz rir alguém que chora;
De saída da festa noite afora
Franjas revoltas, auge da moda Emo;

Tu me pedes pra ficar, então, eu tremo
Respondo que hoje só; teu rosto cora
Com um beijo nos calamos, tu embora
Gemendo como um anjo e eu como um demo.

Meus dedos sobre teu piercing no umbigo
Boca a boca estou e o beija-flor nas costas,
No quarto porta aberta mas, não ligo

Nossas mãos em teus seios, sobrepostas,
Beijo-te a horas outra vez como amigo
Fazendo amor do jeito que tu gostas.

Submited by

sexta-feira, setembro 23, 2011 - 02:09

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Charles Antônio Marques Pereira

imagem de Charles Antônio Marques Pereira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 5 semanas
Membro desde: 04/14/2011
Conteúdos:
Pontos: 373

Comentários

imagem de Henricabilio

paixões

Vejo que és apreciador dos sonetos...
neste que funde emoções entre o amor e a amizade,
realço a chave de ouro, num registo contraditório
com muita ironia à mistura.

Um abraç0o!

Abilio

imagem de Charles Antônio Marques Pereira

É verdade, amigo Abilio, sou

É verdade, amigo Abilio, sou um grande apreciador de sonetos, embora não me considere um sonetista.
Ao que parece o amigo gostou,não é?
Muito obrigado, fico muito lisonjeado pelo comentário.
Um abraço e fique com Deus.

imagem de Charles Antônio Marques Pereira

Obrigado, amigo Jorge

Obrigado, amigo Jorge Humberto

Não sabes quanto representa pra mim ler comentários como o teu.

Sinta-se á vontade para voltar, quando quiseres.

Um abraço Charles.

imagem de Jorge Humberto

Meu novo amigo e poeta, Charles,

Meu novo amigo e poeta, Charles,

Antes de mais muito obrigado pela tua simpática visita a meu cantinho de poesia.
Feliz por me encontrares, a mesma felicidade por estar aqui, lendo teus poemas.
Gostei deste teu soneto, que de entrega e amor, nasceu para em todos nós ficar e perdurar. Parabéns!
 

Abraços meus
Jorge Humberto

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Charles Antônio Marques Pereira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (X) 0 766 04/23/2011 - 20:01 Português
Poesia/Soneto Vamp 0 469 04/23/2011 - 19:34 Português
Poesia/Soneto Mundo Cruel! 0 742 04/22/2011 - 18:41 Português
Poesia/Soneto Cobiça 0 597 04/22/2011 - 18:35 Português
Poesia/Soneto Anjo do Céu 0 549 04/22/2011 - 18:32 Português
Poesia/Soneto Livro da Vida 0 355 04/22/2011 - 18:15 Português
Poesia/Soneto A Uma Certa Mulher 0 519 04/22/2011 - 18:12 Português
Poesia/Soneto Em Memória ao Dia da Paixão 0 276 04/22/2011 - 18:07 Português
Poesia/Soneto O Marujo 4 631 04/22/2011 - 17:56 Português
Poesia/Soneto Bipolar 1 465 04/21/2011 - 17:59 Português
Poesia/Soneto Quinze Primaveras 1 545 04/21/2011 - 17:55 Português
Poesia/Soneto Panacéia 2 553 04/20/2011 - 23:29 Português
Poesia/Soneto Discípulo da Vida 1 413 04/20/2011 - 19:30 Português
Poesia/Soneto Mais Sacrifício 2 440 04/20/2011 - 19:22 Português
Poesia/Soneto Bordel de Sangue 3 894 04/20/2011 - 00:52 Português
Poesia/Soneto Transmutação 2 316 04/19/2011 - 23:13 Português
Poesia/Soneto Diáboa 1 526 04/19/2011 - 23:10 Português
Poesia/Soneto Dissimulada 1 528 04/19/2011 - 04:52 Português
Poesia/Soneto Tudo por Nada 1 408 04/19/2011 - 04:13 Português
Poesia/Soneto Por Despeito 1 666 04/19/2011 - 04:06 Português
Poesia/Soneto De Onde Vem a Inspiração 1 532 04/19/2011 - 03:56 Português
Poesia/Soneto Morta, Ainda Assim Bela 0 392 04/18/2011 - 19:57 Português
Poesia/Soneto Ledo Engano 1 647 04/17/2011 - 22:02 Português
Poesia/Soneto Janelas da Alma 1 610 04/17/2011 - 21:50 Português
Poesia/Soneto Ainda Há Tempo para Nunca Mais 1 486 04/17/2011 - 21:45 Português