CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Encanto estranho em não estar sozinho

Estar perdido significa estar sozinho
Ou será o contrário?
Como um pássaro a voar solitário
Nas nuvens da eternidade
Alçando o voo mais alto que puder
Para escapar as tristezas da vida.
Andar pelo vale sombrio
Sem proteção na alma dilacerada
Pelas cicatrizes do tempo
E feridas no coração em dor.

Encanto estranho em não estar sozinho
No tocar de um vento que sopra mansinho
Na noite escura de solidão.
Não entendes tu as minhas palavras?
Nem poderia entender mesmo se quisesse
Porque a dor só sente quem a vive em si mesmo
Condenado a ser martirizado pelo olhar
Que penetra como pregos profundos na carne.

Encanto estranho em não estar sozinho
Porque a vida segue o seu rumo
E serei atropelado se parar pelo caminho.
Nem mesmo posso olhar para trás
Sem que meus olhos se encham de lágrimas.
E assim prossigo até o infinito
E além do horizonte tenho esperança
De encontrar aqueles olhos que possam me amar
E me fazer descansar dos dias maus
Que insiste em me cercar o tempo todo.

Encanto estranho em não estar sozinho
De onde levanto minha cabeça e vejo além
Das luzes opacas da cidade
A razão de uma felicidade
Que brilha nos olhos intensos
De um amor que ainda não conheço.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

domingo, julho 14, 2019 - 14:45

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 11 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 7727

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Sustentabilidade 3 25 05/20/2022 - 22:22 Português
Poesia/Amor Se te amo tanto assim 3 53 05/20/2022 - 18:32 Português
Poesia/Desilusão A maior de todas as mentiras 3 44 05/19/2022 - 18:55 Português
Poesia/Pensamentos De mãos dadas com a Morte 3 107 05/18/2022 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos Do pensamento 3 86 05/17/2022 - 18:36 Português
Poesia/Desilusão O teu olhar 3 51 05/16/2022 - 23:29 Português
Poesia/Intervenção Destruam essa arte 3 50 05/16/2022 - 18:38 Português
Poesia/Desilusão Silenciosa sombra de solidão 3 51 05/16/2022 - 12:38 Português
Poesia/Amor Saber entender, crescer e viver 3 80 05/13/2022 - 19:25 Português
Poesia/Meditação Cantem as canções que não escrevi 3 62 05/12/2022 - 22:56 Português
Poesia/Tristeza Alma em suplício 3 52 05/11/2022 - 23:12 Português
Poesia/Meditação Feliz com sua presença 3 79 05/11/2022 - 18:42 Português
Poesia/Desilusão Insensatez 3 69 05/10/2022 - 18:37 Português
Poesia/Pensamentos Eu navegarei 3 62 05/09/2022 - 23:13 Português
Poesia/Pensamentos Fantasmas de um tempo passado 3 122 05/09/2022 - 13:28 Português
Poesia/Dedicado Mãe, o maior amor que pode existir 3 79 05/08/2022 - 20:33 Português
Poesia/Dedicado Mãe - Eu canto a ti o amor! 3 72 05/06/2022 - 23:57 Português
Poesia/Meditação Dias melhores virão 3 129 05/06/2022 - 19:01 Português
Poesia/Meditação A impossibilidade física da morte na mente de alguém que está vivo 3 77 05/05/2022 - 19:11 Português
Poesia/Meditação O peso do mundo 3 66 05/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação E se não estiver tudo bem? 3 80 05/04/2022 - 18:45 Português
Poesia/Amor Inimaginável 3 83 05/03/2022 - 18:34 Português
Poesia/Tristeza Querida solidão 3 83 05/02/2022 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Não lastimo o próximo perigo 3 127 05/02/2022 - 12:41 Português
Poesia/Pensamentos Palavras apenas não servem 3 72 04/30/2022 - 21:59 Português