CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

EQUAÇÃO DA VIDA ETERNA

Que moléstia enceta o caminho
nesta demanda de buscas
para espantar o frio do mal
que em mim existe tertúlia de utopias.

Desembaraço dos ombros
a carga que retoca a dor no rosto
embrulhado em tempestade
com explosões de identidade louca.

Desafio a imaginação
como quem baila num palco inóspito
o último dia na metamorfose do universo
que se volta contra mim baú de pecado.

Esfarrapo o marasmo
escravo da memória por abalos de ânimo
que fazem sombra de mim próprio atiçado
ao longe que me expulsa estrada fora.

Quem sou eu nome
Inacabado na sentença da poesia
que me une água benta
aos parágrafos do inferno
embriagado de ego avarento.

Que faço eu Diabo
andante pela sinfonia do tempo
que me relê adolescência ilusória.

Engomo metáforas ordinárias
num simulacro de vergonha
que desvenda as malandrices do olhar
apregoado na equação da vida eterna.

Quão perverso sou brilho
por entre as trevas do envelhecimento
que tardo descobrir ouro.

Submited by

sexta-feira, dezembro 4, 2009 - 01:11

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 15 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Comentários

imagem de MarneDulinski

Re: EQUAÇÃO DA VIDA ETERNA

LINDO, GOSTEI!
md

imagem de mariamateus

Re: EQUAÇÃO DA VIDA ETERNA

Henrique 8-)

Os teus poemas são
muito intensos, fortes e bons.

A tua originalidade é digna de registo.

Muito bom!

Beijinho
da super

:-?

imagem de gladysgimenez

Re: EQUAÇÃO DA VIDA ETERNA

Henrique, um desafio para a imaginação essaequaçao. Muito boa!! bjao

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: EQUAÇÃO DA VIDA ETERNA

Lindo poema.

Um abraço,
REF

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: EQUAÇÃO DA VIDA ETERNA

Indizível equação.

Um abraço,
REF

imagem de FlaviaAssaife

Re: EQUAÇÃO DA VIDA ETERNA

Henrique,

Gostei muito na íntegra, especialmente dos versos:

"Esfarrapo o marasmo
escravo da memória por abalos de ânimo
que fazem sombra de mim próprio atiçado
ao longe que me expulsa estrada fora."

Bjs

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos DA POESIA 1 5.763 05/26/2020 - 23:50 Português
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.595 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.792 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.470 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.320 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.153 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.139 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.954 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.817 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.980 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.530 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.508 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.793 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 3.162 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.455 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 2.001 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 2.004 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.015 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.151 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.658 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.627 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.568 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.570 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.854 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.843 01/16/2015 - 20:47 Português