CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ESTE CORPO

Este corpo

 

Desaparece o corpo fica o nome, assim acontece,

E com o passar tempo até o nome desaparece,

Assim tudo acontece momento a momento,

Que vivemos cheios de ilusão, com tristeza ou ledos,

Umas vezes com coragem e outras cheio de medos,

E assim tudo se perde ao longo do eterno tempo.

 

 

 

Para o esquecimento a vida faz a fuga da sua certeza,

Depois de viver fisicamente o seu tempo na Natureza,

A quem obedecemos sem poder dizer que não,

Durante o tempo que ela para nós reservou,

Umas vezes cantando outras chorando, pelo que passou,

No meio desta enorme e controversa multidão.

 

 

 

Este corpo cheio de vaidade que do nada foi feito,

E que por muito que ele lute, nunca será perfeito,

E mentalmente todos os eles são diferentes na razão,

No seu modo de pensar que a razão desconhece,

E muitas vezes o que mostra não é o que parece,

Desconhecendo muitas vezes a sua nobre missão.

 

 

 

Temos pernas para andar e olhos para ver,

Por muito tempo que andemos cá, não vamos perceber,

A razão porque vivemos nesta nossa curta existência,

Cheia de sonhos e entre tantas diferenças,

Divididos pelo dinheiro e por causa de tantas crenças,

Iludidos e enganados durante a nossa vivência.

 

 

 

Tavira, 4 de Janeiro de 2010 - Estêvão

Submited by

quinta-feira, fevereiro 7, 2013 - 11:41

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 semanas 4 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 340 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 212 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 257 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.396 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 890 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.152 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.683 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.364 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.984 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.322 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.736 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.724 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 964 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.157 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.136 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.365 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.723 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.389 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 969 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.549 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.075 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.193 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.047 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.260 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.157 12/21/2016 - 10:58 Português