CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Eu e você!

Eu e você fazemos parte do mundo
Encontramo-nos no momento certo e único
Onde os caminhos se cruzaram.
Faço parte da sua vida e dos seus sonhos
E você vive em meu coração.
Mas, existe o inverso na vida
Onde você não é mais que uma miragem
Ofuscada pelas areias do tempo.
Eu e você fizemos as malas
E não sabemos para onde irmos.
Eu preciso de você para seguir no caminho
E você sabe caminhar sem depender de mim.
Triste vida a sonhar com seus beijos
Seus carinhos que não são meus.
Eu e você somos de um universo paralelo
Vivo a sua vida sem esquecer o seu sorriso
Você sabe andar na escuridão sem minha luz.
Sou um andarilho vagando sozinho pelas noites
Desejando encontrar-te em uma esquina qualquer
E você não está em lugar nenhum.
Você voa por entre as árvores do jardim
Como um pássaro solto no ar
Sabe viver a liberdade que eu não tenho.
Sou um anjo com as asas quebradas
Que não sabe a direção certa dos seus olhos
E vive a incerteza do amanhã.
Eu e você somos anjos.
Você é um anjo que acalenta minha vida
Suas asas são perfeitas e cheias de carinho
Mas, não sinto seu calor porque não estão aqui.
Um anjo rebelde que se afasta de mim
Não se preocupa com minha angustia
E não se importa com meu corpo frágil e sozinho.
Eu e você somos o inverso do universo.
Sou você em cada respiração
Em cada olhar, em cada brisa do amanhecer.
Sua vida é o que dá vida a minha vida.
E você não está aqui.
Você é o desespero da madrugada fria
Quando me vejo sozinho.
Eu e você estamos na mesma estrada
Só que você caminha em outra direção
Às margens frias da displicência
Não dá a mínima atenção ao meu amor.
Cabeça erguida como se o mundo a pertencesse
Você segue firme em sua decisão
De não dar vida a esse sentimento.
Eu e você estamos juntos.
Olho firme em seu olhar e contemplo seu coração
Ele deseja o amor sincero para ser feliz
E resiste em não me aceitar.
Eu e você não conseguimos esconder as lágrimas
Que insistem em escorrer de nossos olhos
Na medida em que o amor aumenta.
Você tem medo.
Medo de sofrer outra vez como a muito sofreu.
Medo de se entregar a um amor que mente
Para seu coração tão singelo.
Somos feitos de solidão.
Posso ter todas as mulheres do mundo
E mesmo assim meu coração te procura.
Suas mãos tremem ao tocar as minhas
E você sabe que precisa viver esse amor
Sabe que precisa acreditar no sonho.
Eu e você já sofremos muito
E a desilusão faz o coração temer outro amor
Mas, preciso de você para viver.
Preciso do seu carinho, do seu amor
Preciso do seu olhar e das suas mãos
A conduzir meus passos trôpegos e inseguros.
Quero muito você perto de mim
Para me orientar no caminho certo
Que encontrei no seu olhar.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, janeiro 8, 2021 - 11:38

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 11 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 5198

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia A pequena árvore 0 165 02/26/2021 - 20:41 Português
Poesia/Intervenção As virgens imprudentes 0 112 02/25/2021 - 14:03 Português
Poesia/Amor Desejo imenso 0 176 02/24/2021 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Escrevo-te para contar como estou 0 129 02/23/2021 - 18:23 Português
Poesia/Desilusão As mil partes do meu coração 0 104 02/22/2021 - 19:38 Português
Poesia/Paixão Diário de uma paixão 0 82 02/20/2021 - 21:06 Português
Poesia/Desilusão Por que tudo se acaba com o vento? 0 105 02/19/2021 - 18:13 Português
Poesia/Desilusão Será que não lembra? 0 141 02/18/2021 - 14:57 Português
Poesia/Meditação A Personagem 0 136 02/17/2021 - 18:42 Português
Poesia/Meditação Não ter medo de encarar os desafios da vida! 0 152 02/15/2021 - 18:51 Português
Poesia/Tristeza A dor escondeu-se no silêncio 0 155 02/15/2021 - 11:48 Português
Poesia/Intervenção As sobras da vida 0 152 02/13/2021 - 19:13 Português
Poesia/Intervenção Hipócritas 0 170 02/12/2021 - 18:49 Português
Poesia/Paixão No alvorecer do seu olhar 0 81 02/11/2021 - 18:13 Português
Poesia/Amor A deusa da minha poesia 0 161 02/11/2021 - 13:18 Português
Poesia/Intervenção Hiroshima 0 86 02/10/2021 - 17:53 Português
Poesia/Meditação Não tenha medo do silêncio 0 108 02/09/2021 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza De tudo ficou um pouco 0 111 02/08/2021 - 22:41 Português
Poesia/Desilusão Essa religião 0 76 02/08/2021 - 17:31 Português
Poesia/Intervenção Mal acariciada pelo destino 0 146 02/06/2021 - 20:57 Português
Poesia/Desilusão Se eu soubesse que a dor fosse tão terrível assim 0 152 02/05/2021 - 21:51 Português
Poesia/Desilusão Os teus passos parecem que tem o som da solidão 0 137 02/05/2021 - 17:27 Português
Poesia/Intervenção Protestos de um morador de rua eloquente 0 117 02/04/2021 - 21:46 Português
Poesia/Paixão Porque certas pessoas são cegas em suas paixões 2 164 02/04/2021 - 21:45 Português
Poesia/Intervenção A incapacidade monstruosa de se levar algo assim tão a sério 0 146 02/03/2021 - 18:14 Português