CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Eu nunca choro"

-Eu nunca choro!
Repetia ela com orgulho...
Em sua face abatida, a guerreira extenuava seu último fôlego
no desumano esforço de assegurar que nenhuma gota cairia.
No seu rosto, a mágoa explicita no brilho dos olhos vermelhos.
Aquelas lágrimas contidas, espremidas quais relutava estancar
aprisionavam uma súplica antiga de sua alma perdida que pedia por socorro.
Porém, para sua (in)felicidade, pelo seu corpo e sua alma fora traída.

- Eu nunca choro!
Repetia com relutância
Seria fraqueza mostrar-se com franqueza?
Seria esperto afugentar-se de si mesma,
enterrando-se nos escombros de sua própria ruína,
afogando-se aos poucos num oceano de represas?

-Eu nunca choro!
Repetia ela com convicção...
Que estranha guerra estaria a lutar?
Quão injusta causa estaria a defender?
Quão valiosa medalha esperava ganhar?
Meu Deus! Que tanto mau tem em chorar?...

-Eu nunca choro!
Repetia ela com relutância...

O mundo todo asfixia de cinismo e desprezo
e destroça o espírito por mais forte que esteja.
Todo mundo sufoca em culpa e desespero
e chora mesmo escondido de medo e descrença.
Mas ela não. Ela resiste “heroicamente” sem enxergar
e, já não tão certa, numa única sentença, decreta:
- Eu nunca choro, ponto final. Repete consigo.
Triste de ver... Chorei ao escutar...

Ó brava heroína que tanto há de penar
Se tivesse o poder sobre sua guerra particular,
mudaria seu destino, sua estratégia sem pestanejar
e num ato de bom grado tocar-te-ia o coração
e mágica e subitamente te faria chorar.
Aceite minhas sinceras lágrimas
que por ti tanto ei de derramar...
 

Submited by

sexta-feira, fevereiro 18, 2011 - 21:36

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 32 semanas
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de MarneDulinski

"Eu nunca choro"

a heroína que tanto há de penar
Se tivesse o poder sobre sua guerra particular,
mudaria seu destino, sua estratégia sem pestanejar
e num ato de bom grado tocar-te-ia o coração
e mágica e subitamente te faria chorar.
Aceite minhas sinceras lágrimas
que por ti tanto ei de derramar...
 

Lindo texto, meus parabéns,

MarneDulinski

 

 

imagem de carlfilho

"eu nunca choro"

Obrigado Marne!!

Abraço

;-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 607 09/18/2014 - 19:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 635 01/30/2014 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 720 09/12/2013 - 21:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 394 03/15/2013 - 18:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 805 03/15/2013 - 18:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.209 11/27/2012 - 18:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 1.101 11/27/2012 - 17:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 876 11/26/2012 - 21:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 1.010 11/26/2012 - 21:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.368 11/23/2012 - 23:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 970 11/23/2012 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.277 11/23/2012 - 16:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 748 11/21/2012 - 20:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 566 11/21/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 760 11/20/2012 - 23:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 678 04/20/2012 - 19:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 784 01/11/2012 - 17:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 709 01/10/2012 - 16:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 628 12/16/2011 - 03:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 760 12/15/2011 - 14:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 693 12/09/2011 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 685 12/07/2011 - 14:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 942 11/28/2011 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 689 11/28/2011 - 17:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 1.011 11/08/2011 - 21:55 Português