CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Excentricidade

Se, porventura, eu enloquecesse
Sendo louco logo abandonaria
O sentido habitual da palavra
Ao "sem sentido", empregaria
O legítimo âmago do significado

Se, por acaso, eu enlouquecesse
Atingiria o ápice acima do insensato
Onde até os loucos atuais balbuciam
Desnorteados pela altura inalcansável
Trepidam por não se saberem soltos
Ora! Olhe de cima pra baixo e vede
Quem é pra ser, que, de fato, sede

Se, na imprudência, aventurasse
Quereria ir além e sempre mais
Obstinado pela natureza do absurdo
Consumado pelo desejo contumaz
A conjuntura do todo seria pouco
Pra quando me intitulasse louco

Costumávamos ser todos loucos
Mas a covardia educou-nos a alma
A insanidade padece enclausurada
Sufoca numa casca espessa e polida
Calou-se a voz veemente, intrínseca
Que contudentemente gritava e feria
Mais alto que todas as razões da vida

Esses loucos de hoje em dia...
Eles já não deliram mais sozinhos
Não conversam mais consigo
Perambulam meticulosamente
Domados, amestrados, mesquinhos
Por um único e aberto caminho

Mitigou-se os antigos ímpetos
Morreu, a loucura inerente
Nada de mais puro existe
De livre, espontâneo e inocente...

_________________________________________________________

...me corrijam se estiver certo...rss

Outros poemas também encontrado juntamente no meu blog

http://carlinhoscavalcanti.blogspot.com/

Obrigado à todos

;-)

Submited by

quinta-feira, setembro 3, 2009 - 21:39

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 32 semanas
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de Tiger

Re: Excentricidade

Louco de bom esse poema rss
adorei
Bj da Tiger :pint:

imagem de Anderson

Re: Excentricidade

Muito..."louco"esse teu poema...gostei muito!! parabéns...abraço 8-)

imagem de KeilaPatricia

Re: Excentricidade

Muito bom

Gostei

:-)

imagem de MarneDulinski

Re: Excentricidade

carfilho!

Exentricidade!

Gostei do seu poema, mas parece mesmo, que os tempos mudaram!

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 607 09/18/2014 - 19:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 635 01/30/2014 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 720 09/12/2013 - 21:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 394 03/15/2013 - 18:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 805 03/15/2013 - 18:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.210 11/27/2012 - 18:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 1.101 11/27/2012 - 17:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 877 11/26/2012 - 21:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 1.011 11/26/2012 - 21:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.368 11/23/2012 - 23:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 972 11/23/2012 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.277 11/23/2012 - 16:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 748 11/21/2012 - 20:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 566 11/21/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 762 11/20/2012 - 23:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 679 04/20/2012 - 19:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 784 01/11/2012 - 17:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 710 01/10/2012 - 16:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 628 12/16/2011 - 03:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 760 12/15/2011 - 14:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 694 12/09/2011 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 686 12/07/2011 - 14:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 943 11/28/2011 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 689 11/28/2011 - 17:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 1.011 11/08/2011 - 21:55 Português