CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Exi[s]t-ência

A Abadia do inferno recobre meu esforço
Com o pesar desta quase-ciência,
Eu elevo ao máximo o signo da ineficiência,
Buscando existir para além deste esboço,

Para além deste velho poço, eu sou,
Eu tento, mas não posso mais que esta falha,
-A mesma ruína para o pronome sem mortalha-
E assim foi quando o sino do cemitério ressoou...

Doze batidas secas para o pesar da minha alma,
Eu perco a moça e suas vísceras neste trauma,
Para cada olhar morto deixo um corte sem sangrar,

E não importa a fratura sempre é imposta,
Tal qual a condição do medo nesta encosta,
Eu sou o feitiço mórbido que esqueceram de enterrar.


 

Submited by

domingo, dezembro 26, 2010 - 19:55

Poesia :

No votes yet

malentacchi

imagem de malentacchi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 50 semanas
Membro desde: 06/22/2009
Conteúdos:
Pontos: 704

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of malentacchi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Lamúrias 0 1.183 03/21/2011 - 03:53 Português
Poesia/Tristeza O Torniquete Atenuado 0 1.320 02/28/2011 - 01:25 Português
Poesia/Tristeza Solve et Coagula 0 830 02/28/2011 - 01:22 Português
Poesia/Tristeza Incompreensível (Como Tantos Outros) 2 1.072 01/26/2011 - 00:13 Português
Poesia/Soneto O Aviltamento do Verso 0 982 01/26/2011 - 00:03 Português
Poesia/Tristeza Quando os Espectros Machucam A Carne 0 1.102 01/26/2011 - 00:00 Português
Poesia/Tristeza Primaveras Mortas 0 1.028 01/19/2011 - 01:22 Português
Poesia/Tristeza Escrita Inferior 0 1.181 01/02/2011 - 19:59 Português
Poesia/Tristeza Mais Uma Injúria Afásica Para Os Pronomes Em Primeira Pessoa 0 907 01/02/2011 - 19:56 Português
Poesia/Tristeza Dificuldades Com o Verso Amaldiçoado 0 985 12/26/2010 - 19:57 Português
Poesia/Tristeza Exi[s]t-ência 0 807 12/26/2010 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza Entre A Sociopatia E A Filosofia Dos Não Valores 0 1.616 12/22/2010 - 03:13 Português
Poesia/Tristeza Uma Alegoria Para As Almas Desgraçadas 0 1.564 12/22/2010 - 03:05 Português
Poesia/Tristeza Conclave Para Um Diálogo Entres Sombras 0 1.581 12/22/2010 - 03:00 Português
Poesia/Tristeza Sobre a Perversidade e seus Hematoversos 0 1.466 12/21/2010 - 04:52 Português
Poesia/Tristeza A Filosofia dos Túmulos 0 1.470 12/21/2010 - 04:50 Português
Poesia/Tristeza Da Ínfima Procura 0 1.595 12/21/2010 - 04:49 Português
Poesia/Tristeza A Exumação de Todas As Minhas Mortes 0 797 12/21/2010 - 04:48 Português
Poesia/Tristeza Exurgent mortius at ad me venient (o morto se levante e venha a mim) 0 1.190 12/17/2010 - 04:23 Português
Poesia/Tristeza Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K. 0 1.341 12/17/2010 - 04:21 Português
Poesia/Tristeza A Proeminência da Falha 0 942 12/17/2010 - 04:19 Português
Poesia/Tristeza Ode à Tânatos 0 1.004 12/17/2010 - 04:16 Português
Videos/Perfil 855 0 1.186 11/24/2010 - 22:04 Português
Videos/Perfil 482 0 1.286 11/24/2010 - 21:58 Português
Videos/Perfil 481 0 1.615 11/24/2010 - 21:58 Português