CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Fada

Adormeceu sobre o vazio, onde descansava as horas.
Mais uma noite de insónia, projectava o mesmo filme.
Ou um ciclo vicioso, a que não pôde escapar.
Ferida aberta.
As lágrimas evaporam.
Elevam-se à nuvem, de onde caiu.
Num dia distante, o absurdo fez sentido, e a magia perdeu-se, algures pelo caminho.
Psicótica introspecção.
Dança com as ilusões, até que a musica pare.
Até que o silencio das almas morra de sede no deserto.
Não há muralhas ou véus, que tapem a luz no horizonte.
Nada pode esconder o brilho de uma fada que acende a noite.
Extinguiu-se entre os mortais, e já não pode regressar.
Mergulhou num mar de sombras e encontrou na escuridão a solidão que procurava.
Ria de tudo e de todos, do alto do seu pedestal.
Procura uma nova historia, para continuar o caminho.
Cega pela luz do sol, mata as memorias aos poucos.
Amnésia irreversível. Consequência.
O céu azul, era o espaço percorrido pelo olhar.
O vento breve, o ondular manso das aguas, onde um dia se perdeu.

excerto do conto "a fada"

Submited by

segunda-feira, abril 21, 2008 - 23:27

Poesia :

No votes yet

JillyFall

imagem de JillyFall
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 semanas 9 horas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 866

Comentários

imagem de angelalugo

Re: A Fada

Querida poetisa

Uma forma linda de descrever
o que se passa no interior de
uma alma um pouco perdida, mas
sempre tem a luz que se acende
na noite escura para iluminar os
caminhos...

beijinhos no coração

imagem de Michkin

Re: A Fada

Espero que se encontre e percorra o seu caminho até ao fim, pois não existe caminho sem retorno e a mudança de rumo é sempre outra hipótese.

Gostei muito, deixa que pensar.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of JillyFall

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão fim 4 223 02/28/2010 - 14:09 Português
Poesia/Geral Moda 5 600 02/28/2010 - 13:48 Português
Poesia/Tristeza serra da estrela 1 432 02/28/2010 - 02:30 Português
Poesia/Tristeza cinzas 1 546 02/28/2010 - 02:29 Português
Poesia/Tristeza horizonte 6 326 02/28/2010 - 02:26 Português
Poesia/Desilusão imóvel 2 452 02/28/2010 - 02:25 Português
Poesia/Desilusão encerro 3 500 02/28/2010 - 02:25 Português
Poesia/Tristeza momento 4 308 02/28/2010 - 01:45 Português
Poesia/Tristeza espera 3 367 02/27/2010 - 20:09 Português
Poesia/Meditação vento 3 258 02/26/2010 - 14:36 Português
Poesia/Amor nós 4 267 02/26/2010 - 14:36 Português
Poesia/Desilusão anti-principe 2 438 02/26/2010 - 14:35 Português
Poesia/Desilusão feitiço 2 366 02/26/2010 - 14:35 Português
Poesia/Meditação sonho de mim 2 274 02/26/2010 - 14:34 Português
Poesia/Tristeza ausencia 8 585 02/26/2010 - 14:03 Português
Poesia/Amizade Anjo Negro e Bela Adormecida 8 460 02/26/2010 - 13:08 Português
Poesia/Meditação depois da tempestade 6 675 02/26/2010 - 13:01 Português
Poesia/Amor o despertar da Bela Adormecida 8 665 02/26/2010 - 12:54 Português
Poesia/Fantasia queda da Atlantida 5 455 02/26/2010 - 12:32 Português
Poesia/Amor nenês 3 259 02/26/2010 - 12:23 Português
Poesia/Amizade nocturno a 4 mãos 5 453 02/26/2010 - 12:19 Português
Poesia/Tristeza salsa 3 543 02/26/2010 - 12:17 Português
Poesia/Alegria dias assim 4 431 02/26/2010 - 12:08 Português
Poesia/Meditação manha 2 236 02/26/2010 - 12:04 Português
Poesia/Desilusão o ultimo baile 7 599 02/26/2010 - 11:57 Português