CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

FALHEI

Desisto das noites e dias
em sobressalto,
dos choros e lamentos
de tanta tanta gente
à procura do pão,
do arroz, da água potável
e de medicamentos que não chegam.

Desisto do abandono do seio familiar.

Lutar.

Pela paz,
por alimentos,
por conforto nos actos,
em palavras.

Falhei.

Relembro crianças
de olhos cheios de lágrimas,
nariz sujo,
bocas esfomeadas,
mãos fracas
agarradas às minhas pernas.

Relembro
crianças mal deitadas,
desnutridas,
cobertas de insectos
à espera de um milagre
que as devolvesse à vida,
ao seio da mãe.

Minha alma está despedaçada,
minha vontade ultrajada
por quem nada faz.

Sou anti-governos.

Destruíram o meu sonho
de proteger crianças,
animais e idosos.

Os mutilados
de uma guerra de interesses
que tem quase 38 anos.

Lamento ter que dizer.

Antigamente era à grande e à francesa.

Hoje vêm a Portugal comprar jóias,
vestidos de cem mil euros no jacto particular.

Ainda dizem que ajudam?

Isto não é ajudar,
mas sim viver à grande e à angolana.

Submited by

sexta-feira, dezembro 11, 2009 - 01:54

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 29 semanas 1 dia
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de GuiDuarte

Re: FALHEI

Falhámos todos minha amiga porque nos acomodamos e deixamos esses ditadores de pacotilha à vontade. Em Angola como em Portugal, embora com estilos diferentes. Um excelente poema de intervenção e denúncia, mas também de solidariedade. Um beijo amigo.

imagem de anadeornelas

Re: FALHEI

Maria, minha fã...daqui tua fã...

Não falhaste!!!! por aí, doce poetisa, falhamos todos...

Um beijo poético da terra fria, mas quente :-)

imagem de Nanda

Re: FALHEI

Maria,
A poesia também tem esta vertente social de denunciar estes farsantes.
Um beijinho na alma
nanda

imagem de Henrique

Re: FALHEI

É uma falha de muitos que tão poucos assumem.

Angola merecia mais...

Beijinho ;-)

imagem de marialds

Re: FALHEI

Ninguém falha quando ideologias, ilógicas bailam pelos governos, quando os ricos só alimentam os ricos e os pobres perecem no ostracismo da penúria social.
Angola é assolada por disputas de poder e enteresses europeus desde de era colonial.
Um poema contudente, de desabafo social.
Parabens.

imagem de jopeman

Re: FALHEI

Decerto que tu não falhaste...falha quem para o sono eterno for de consciência pesada

Sensível na dor, na luta, na revolta

Gostei imenso

Bjos

imagem de Dianinha

Re: FALHEI

Tanta verdade junta...
Infelizmente é tudo verdade sim!
Sabe, consegui sentir e "ver" tudo o que descreveu...
Favorito neste, sem duvida!

Parabens pela sua coragem, por se entregar de corpo e alma, admiro-a por isso mesmo! Pela sua força...

Adoro ler o que escreve, do fundo so coração!
Sou sua fã mesmo...

Beijinho com carinho!

imagem de Anonymous

Re: FALHEI

Este poema comoveu-me por mil e uma razão.
Primeiro pela revolta das palavras do seu eu poético que se sente incapacitado de fazer mais para mudar as desigualdades deste mundo. Depois... porque vivi parte da minha vida em Angola. Lá ainda anda o meu coração a deambular quiçá... na terra vermelha de Benguela a chorar nas conchas da praia moreno.
Poderemos fazer mais?
Poderíamos sim...! Todos nós poderíamos fazer mais pelos os outros mas vivemos num mundo de ostentação e sobretudo de vaidades e... umbigos inflamados.
Num outro site de literatura lembrei-me de lançar uma ideia sobre escrever contos e poesias para crianças, cujos direitos de autor fossem para uma instituição de caridade.
Alguns, como eu... pagaram a edição do livro. Mas sabe?
Muitos foram aqueles que quiseram desvirtuar a ideia porque há sempre quem não faça nada e não goste que os outros façam.
Parabéns pelo poema e continue a ser como é!
Valerá sempre a pena, apesar das desilusões e do cansaço.
Sei do que falo...!
Beijo
Vóny Ferreira

imagem de AnaCoelho

Re: FALHEI

Maria

minha boa amiga, não foste tu que falhas-te mas sim toda a mbição que move o mundo e o curroi a cada dia nas hostes do poder que cada vez olha menos para baixo e mais para o lado que lhe convém, batem com a mão no peito mas este está ocu...

Beijos

imagem de FlaviaAssaife

Re: FALHEI

Mariamateus,

Poesia sentida, verdadeira, grito da alma que explode em desespero... A realidade dói maltrata, mas a sempre novas oportunidades... Não desista...

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.165 02/26/2018 - 13:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.590 07/01/2013 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.465 04/01/2013 - 09:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.674 03/30/2013 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.096 03/25/2013 - 18:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.217 03/16/2013 - 22:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.474 03/08/2013 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 899 03/08/2013 - 02:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.729 03/05/2013 - 22:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.350 03/05/2013 - 22:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.129 03/02/2013 - 01:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 902 02/11/2013 - 13:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.352 02/07/2013 - 15:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.678 01/14/2013 - 22:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.772 12/09/2012 - 18:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.522 12/09/2012 - 00:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.206 12/07/2012 - 16:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.822 12/06/2012 - 20:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.463 12/06/2012 - 19:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.478 12/04/2012 - 19:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.905 11/29/2012 - 20:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.291 11/26/2012 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.994 09/30/2012 - 22:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.928 09/25/2012 - 02:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.598 09/18/2012 - 22:32 Português