CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A FELICIDADE - ( exceção na ausência)

 
Extremamente entre extremos da minha mente
os gritos dissociativos, em circuitos nevrálgicos,
soam num pedido de socorro terminal plangente,
tão enigmaticamente sem  segredos, tão mágicos.

Sinto a felicidade transitória passeando aqui e ali,
e sem estar à procura de ninguém, apenas anda
sem perceber circuitos, ou alguma rede pra seguir,
mas a cada hora, ela escolhe alguém nesta ciranda.

Então, inexata, ela atinge alguma merecida mente,
e sem conhecer os parâmetros da vertente cibernética,
levianamente e sem a acepção, ou merecidamente,
sem explicação, te traz a paz da tranquilidade poética.

J. Thamiel
Sorocaba, 16.02.18
10:40h

http://poesiaeprosaparavoce.blogs.sapo.pt/

Submited by

sexta-feira, fevereiro 16, 2018 - 12:44

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 horas 38 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 2953

Comentários

imagem de Joel

Só um poeta grande pode escrever algo tã grado

Só um poeta grande pode escrever algo tã grado

imagem de J. Thamiel

AGRADECIMENTO

OBRIGADO
AO QUE VISITARAM
MEU BLOG NA SAPO.

imagem de Sérgio Teixeira

Só um poeta de verdade pode

Só um poeta de verdade pode escrever algo tão grande.

imagem de J. Thamiel

Oh! My dog! Vai ser difícil

Oh! My dog! Vai ser difícil me
convencer disto.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Títuloícone de ordenação Respostas Views Last Post Língua
Poesia/Desilusão CRECIMIENTO 0 351 10/05/2019 - 14:44 Espanhol
Poesia/Geral A s a u d a d e 0 1.323 07/30/2018 - 16:14 Português
Poesia/Geral A CHUVA 0 753 10/26/2017 - 14:53 Português
Poesia/Geral A FOLHA SECA 2 1.198 06/15/2018 - 17:30 Português
Poesia/Geral DELÍRIO DE PYATÃ 0 703 02/07/2017 - 00:05 Português
Poesia/Geral Deus perdoa sempre. Os homens de acordo com seus interesses. A natureza... nunca! 0 802 09/20/2016 - 11:53 Português
Poesia/Geral EL TIEMPO 0 1.152 09/26/2018 - 16:13 Espanhol
Poesia/Amor FELISBELA, MEU AMOR 0 1.086 05/24/2016 - 11:38 Português
Poesia/Geral FILOSOFIA DE UM BÊBADO 0 571 12/17/2019 - 13:15 Português
Poesia/Geral LA FELICIDAD 2 1.389 03/02/2018 - 13:59 Espanhol
Poesia/Dedicado O BOM POETA - (Homenagem) 0 588 02/07/2019 - 16:38 Português
Poesia/Fantasia OUTONO (Poesia concreta) 0 1.222 08/01/2016 - 00:12 Português
Prosas/Outros "belém" ou pra lá de "belém"? 0 682 12/02/2016 - 13:22 Português
Poesia/Geral "DE BOA" 4 1.460 07/21/2016 - 18:37 Português
Poesia/Dedicado "DE MEIA" 0 567 06/27/2016 - 18:30 Português
Poesia/Geral "DISACATU" 0 474 06/05/2016 - 14:46 Português
Poesia/Dedicado "LAUS AD POETRY" 0 623 06/18/2016 - 14:18 Português
Poesia/Fantasia "LINDIMONY" 0 529 07/25/2016 - 23:12 Português
Poesia/Dedicado "MINHO" 0 968 06/20/2016 - 17:34 Português
Poesia/Geral "PINTO NO LIXO" 0 924 08/04/2016 - 14:27 Português
Poesia/Fantasia "SSSS" DESASSISADA 0 1.585 07/31/2016 - 02:11 Português
Poesia/Fantasia ' M E T A M O R F O S ' 0 831 10/05/2017 - 17:56 Português
Prosas/Outros 'ENSAIO' DE ANÁFORA PLEONÁSTICA 0 594 05/31/2016 - 20:29 Português
Poesia/Dedicado 590 DEGRAUS - Acesso ao Cruzeiro de Piracaia 0 649 01/05/2019 - 13:51 Português
Poesia/Dedicado 591 DEGRAUS 0 869 07/29/2016 - 13:23 Português