CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Filóstrato

Uma dor que vem do peito transparece
Em forma de silêncio ou soledade
Não se cura com remédio e que maldade
Quando um dia tal dor, então, desaparece!

Nada do que se sonha acontece
E tudo que se pensa é realidade
Infelizmente ninguém crê, mas é verdade
O verdadeiro amor não morre; adormece.

Por bom senso a razão fica de lado;
Só se sente o coração sofrer calado
E a alma livre de rancor se vê cativa.

O homem quer por um fim e o tempo avança;
Os dias morrem; o que não morre é a esperança
Até porque nunca afinal esteve viva.

Submited by

sexta-feira, abril 15, 2011 - 18:46

Poesia :

No votes yet

Charles Antônio Marques Pereira

imagem de Charles Antônio Marques Pereira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 33 semanas
Membro desde: 04/14/2011
Conteúdos:
Pontos: 373

Comentários

imagem de MarneDulinski

Filóstrato

Lindo poema, gostei!

Meus parabéns,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Charles Antônio Marques Pereira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Sagrada Escritura 2 989 05/20/2013 - 21:17 Português
Poesia/Soneto Meu Deus! 2 643 05/20/2013 - 20:56 Português
Poesia/Soneto Emoções 4 1.032 04/16/2012 - 17:58 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (III) 2 1.108 04/07/2012 - 17:26 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (IV) 1 943 04/01/2012 - 14:58 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (II) 2 1.041 03/28/2012 - 21:52 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (I) 4 1.281 03/24/2012 - 17:22 Português
Poesia/Soneto Relato de um Suicídio 2 900 03/20/2012 - 23:15 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (V) 0 1.087 08/25/2011 - 18:45 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (VII) 0 1.197 08/17/2011 - 21:47 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (IX) 0 884 08/12/2011 - 00:22 Português
Poesia/Soneto Eu quero amar, amar perdidamente! (VIII) 0 1.004 08/12/2011 - 00:17 Português
Poesia/Soneto Ouvir Estrelas 2 1.222 07/24/2011 - 21:13 Português
Poesia/Soneto Tudo é Inútil! 0 1.171 07/23/2011 - 17:49 Português
Poesia/Soneto Com a Útima Mulher da Nossa Vida 0 915 07/22/2011 - 19:18 Português
Poesia/Soneto "Amantes, Amentes" 0 1.075 06/21/2011 - 18:21 Português
Poesia/Soneto Leito de Morte 0 865 06/21/2011 - 18:12 Português
Poesia/Soneto Filosofia de Morte 3 1.266 06/09/2011 - 18:03 Português
Poesia/Soneto Depressão 0 876 06/06/2011 - 00:12 Português
Poesia/Soneto Nordeste 0 853 06/06/2011 - 00:05 Português
Poesia/Soneto A Beatinha do Meu Bairro 0 821 06/05/2011 - 23:59 Português
Poesia/Soneto Miragem 0 856 06/05/2011 - 23:53 Português
Poesia/Soneto Epopéia 0 847 06/05/2011 - 23:48 Português
Poesia/Geral Nação Madrasta 2 850 05/02/2011 - 20:04 Português
Poesia/Haikai Lágrimas 0 842 04/24/2011 - 17:55 Português