CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Há Palavras Assim

Há palavras assim…
persistem e persistem
colam-se em nós
e haja o que houver…
persistem.

Vão-se os dias
Vão-se os anos
…Esgota-se o tempo…

Despede-se a vida…
Farrapos de sonhos
que desmentem a noite
E elas persistem…
Persistem para lá do vento
Para lá do Sol
Para lá do Outono…
Para lá de tudo.

São bússolas
São âncoras
São bóias
São timoneiro discreto
deste barco que somos
no mar que navegamos

Já o Outono na minha face talhou
Os caminhos que me percorri,
Já em mim repousam as memórias
de um tempo que vivi
…Olhares sem regresso
de quando parti…
…E ainda aqui,
Sempre aqui
As palavras…
As palavras que senti

Não as digo
Não consigo dizê-las,
Não se deixam dizer…
São simplesmente de mim…

Há palavras assim…
 

Submited by

sábado, março 5, 2011 - 01:40

Poesia :

No votes yet

miguelmancellos

imagem de miguelmancellos
Offline
Título: Moderador Música
Última vez online: há 2 anos 22 semanas
Membro desde: 07/29/2010
Conteúdos:
Pontos: 372

Comentários

imagem de Patrícia Taz

Caro Miguel Mancellos,

Há palavras assim
Elas se fazem corpo
cálice, Santo Graal
Elas cospem o fogo
pelo olho do chacal

Elas são sinfonias
fluindo no vendaval
Elas são moradias
para qualquer mortal
Há palavras assim…

Na talha do verso um poema muito belo

Bjos

 

PaTaz
 

imagem de miguelmancellos

Belíssima forma de comentário

Obrigado amiga poetisa. Belíssimo :)

imagem de Ema Moura

Há palavras assim... Provas

Há palavras assim...

Provas da explosão de poesia em ti.

Lindo poema!

imagem de SuzeteBrainer

Há palavras assim que

Há palavras assim que caminham pelos significados e cantam a essência da bela poesia...

Gostei muitosmiley

imagem de Dionísio Dinis

Há palavras que quando assim

Há palavras que quando assim desenhadas, porque sentidas e delineadas de forma superior, são a própria génese da poesia.Bravo!

imagem de MarneDulinski

Há Palavras Assim

Não as digo
Não consigo dizê-las,
Não se deixam dizer…
São simplesmente de mim…

Há palavras assim…

 

Lindo texto, gostei muito!

Meus parabéns,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of miguelmancellos

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral E se fosse eu, afinal, Deus? 1 218 07/30/2010 - 01:48 Português
Poesia/Geral Como dizer... 1 310 08/02/2010 - 01:42 Português
Poesia/Paixão Onde andarás tu? 2 257 08/02/2010 - 01:45 Português
Poesia/Alegria Hoje de manhã. 1 267 08/02/2010 - 03:27 Português
Poesia/Geral Sobre tudo e sobre nada. 1 286 08/03/2010 - 23:52 Português
Poesia/Meditação Não te deixes impor, nem imponhas - Antes cria e deixa criar! 2 423 08/04/2010 - 01:44 Português
Poesia/Meditação A obra de arte 1 238 08/04/2010 - 23:29 Português
Poesia/Pensamentos Há magia no ar. 1 254 08/05/2010 - 00:11 Português
Poesia/Geral Porque escrevo eu? 1 188 08/05/2010 - 00:12 Português
Poesia/Geral Esta noite 1 303 08/07/2010 - 18:42 Português
Poesia/Aforismo Memória 1 297 08/07/2010 - 18:43 Português
Poesia/Geral Porquê? 1 172 08/08/2010 - 18:48 Português
Poesia/Geral A dois... 1 275 08/10/2010 - 01:56 Português
Poesia/Pensamentos Um bocado de sabedoria 1 234 08/10/2010 - 01:58 Português
Poesia/Aforismo Á janela do tempo 0 279 08/10/2010 - 23:13 Português
Poesia/Pensamentos Somos... 1 411 08/11/2010 - 07:21 Português
Poesia/Geral Ilusões 2 277 08/13/2010 - 00:53 Português
Poesia/Geral Noite e Dia 1 299 08/13/2010 - 22:38 Português
Poesia/Geral Voarei 1 402 08/15/2010 - 18:20 Português
Poesia/Geral Saudades de um Universo primordial - Finalidade de mim? 1 313 08/16/2010 - 09:02 Português
Poesia/Geral Tu que passas 0 362 11/18/2010 - 16:31 Português
Poesia/Geral O que sei eu? 0 360 11/18/2010 - 16:32 Português
Poesia/Aforismo A vida flui… O momento, eterniza-o a memória 0 311 11/18/2010 - 16:32 Português
Poesia/Geral Sobre tudo e sobre nada. 0 483 02/07/2011 - 22:32 Português
Poesia/Geral Só sou o que suponho ser 0 404 02/11/2011 - 02:00 Português