CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A história da Lavadeira

Já havia lavado a trouxa, a que me tinha proposto lavar,
Então decidi, no rio, banho tomar.

Tirei a roupa que me cobria, o corpo e as maleitas de uma violenta infância,
Estava uma tarde quente de Primavera, nem no Verão me lembrava daquele calor,
E no ar pairava uma suave brisa do perfume das flores, doce fragância,
Mergulhei na água limpa e transparente, como um cristal tricolor.

Os meus longos cabelos cobriam quase todo o meu corpo esguio e magro,
Restia dos dias de tareia e fome, que meu pai me dava, antes de ali trabalhar,
Mas preferia a labuta do que houvesse para fazer, do que ter sempre um olho negro,
Antes mesmo, não ter o que comer, do que só pancada levar.

Não estava arrependida, de casa ter fugido, antes sozinha do que mal acompanhada,
Embora, tivesse mais seis irmãos, nenhum deles me defendia do pai tirano,
Um dia, ele entrou bêbado, cheio de raiva e deu-me uma valente navalhada,
O golpe foi tão profundo, que quase estive sem andar, um ano.

Decidi que aquela vida não era para mim,
Pensei na pobre da minha mãe, no seu leito de morte,
A sua testa quando a beijei, tinha um cheiro delicioso de jasmim,
E que me pediu, encarecidamente, que não os abandonasse à sua sorte.

O sofrimento era demais, tudo cenário feio,
De tudo passei e engoli da minha própria família e dos irmãos que ajudei a criar,
Até que decidi  fugir, de uma vez por todas, para bem longe, sem receio,
Para a esta simples aldeia do vale da montanha, vir parar.

 

E assim, me tornei lavadeira,
O que eu queria era ganhar o pão para a boca comer,
Antes não ter, eira nem beira,
Do que estar confortavelmente, a sofrer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Submited by

quarta-feira, novembro 2, 2011 - 01:12

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

joanadarc

imagem de joanadarc
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 semanas 4 dias
Membro desde: 07/18/2011
Conteúdos:
Pontos: 1571

Comentários

imagem de joanadarc

É sempre um enorme prazer,

É sempre um enorme prazer, saber que aprecia e lê, aquilo que escrevo, pois tenho-o em alta estima,como referência poética.

Obrigado.

Joana

 

imagem de apsferreira

"E assim, me tornei

"E assim, me tornei lavadeira,
O que eu queria era ganhar o pão para a boca comer,
Antes não ter, eira nem beira,
Do que estar confortavelmente, a sofrer.”

 Aqui está uma verdade, que tu citas

no teu poema de hoje, uma história, que eu tanto

gostei de ler. Parabéns, por tanta ciratividade,

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of joanadarc

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/Pessoais Á Espera de TI... 0 479 03/20/2012 - 02:16 Português
Videos/Música Your Loving Arms... 0 645 03/20/2012 - 01:42 Português
Poesia/Erótico VOO PICADO 1 585 03/20/2012 - 01:05 Português
Fotos/Natureza The only way is up 0 678 03/18/2012 - 03:34 Português
Fotos/Natureza Caminhando por la calle 0 461 03/18/2012 - 03:17 Português
Poesia/Fantasia A BARCA DA FANTASIA 2 688 03/18/2012 - 02:50 Português
Poesia/Fantasia A BAILARINA CAÍDA 0 627 03/11/2012 - 02:36 Português
Poesia/Paixão SENHORA DO FOGO 2 566 03/10/2012 - 21:37 Português
Poesia/Paixão A UM MINUTO DE TI... 12 812 03/10/2012 - 21:26 Português
Videos/Música Jessie J - DOMINO 0 742 03/09/2012 - 14:29 Português
Poesia/Dedicado E ERA UMA VEZ, UMA MULHER... 2 583 03/09/2012 - 13:12 Português
Poesia/Paixão SABIAS? 10 567 03/09/2012 - 13:00 Português
Poesia/Dedicado CARA-A-CARA 0 490 03/09/2012 - 00:32 Português
Poesia/Dedicado CORPO: PEDAÇO DE CARNE FRESCA E SUCULENTA 8 569 03/08/2012 - 02:21 Português
Poesia/Paixão SE EU PUDESSE, MANDAVA ERGUER... 12 828 03/06/2012 - 15:33 Português
Poesia/Paixão CORAÇÃO PÁLIDO 6 618 03/06/2012 - 01:07 Português
Poesia/Paixão ASSINA O TEU NOME, NO MEU CORAÇAO 2 615 03/06/2012 - 01:00 Português
Poesia/Erótico ESTRANHA SENSAÇÃO, DE FAZER AMOR, ÁS CEGAS 6 1.281 03/04/2012 - 22:01 Português
Poesia/Pensamentos O HOMEM PRESO NO SEU PRÓPRIO REFLEXO 2 803 03/04/2012 - 21:54 Português
Videos/Música Enrique Iglesias - Heartbeat 0 1.005 03/03/2012 - 00:18 Português
Poesia/Dedicado EM CIMA, DO MEU TELHADO, SONHAVA... 0 808 03/02/2012 - 23:40 Português
Videos/Música The Killers - The World that we live in 0 874 03/01/2012 - 17:26 Português
Poesia/Pensamentos A BONECA 2 574 03/01/2012 - 16:36 Português
Poesia/Intervenção ESTADO DA NAÇÃO 2 472 03/01/2012 - 03:44 Português
Poesia/Paixão ENTRAS EM MIM 5 816 02/29/2012 - 00:58 Português