CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Iniquidade

Ah, como eu queria tocar a tua face,
e a acarinhar,
e, no mesmo enlace, a beijar...
Beijar esse teu rosto tão terno e doce - tão meigo...
"Tocar", esse teu olhar
que irradia uma tal doçura,
uma tal energia, tão forte e pura, de amor,
que eu nela me arreigo,
e que faz-me sentir sufocar na afagia, dos delírios do fervor

Ah, como eu queria me embrenhar na ternura do teu olhar,
onde antevejo o calor do teu amor,
e me convida a esquecer cada agrura, desta vida,
a ultrapassar cada obstáculo, nesta "corrida",
a nela ver um oráculo do meu estar e do meu ser,
e que, a par com ela, faz-me flutuar nesta loucura,
que, em mim por ti, há muito perdura...

Ah, como eu queria me aconchegar no calor de teus lábios,
sedosos,
tão excitantes ...
de traços tão belos...
tão insinuantes,
instigadoramente carnudos...
Eu vejo-os macios... tanto quanto os mais finos veludos,
que fazem os meus olhos embaciarem-se de gulosos,
fazendo-me viver momentos verdadeiramente sequiosos,
por os beijar...

E esse teu corpo, reboliço, que eu tanto almejo,
com as suas formas tão elegantes...
tão apelativas...
Eu quando me vejo mergulhado em teus odores e salivas,
ele exerce em mim um tal feitiço,
que, tomando a minha vontade,
ele devora-me a alma, com uma tal iniquidade,
por entre exuberantes vagas de desejo,
como, assim outras, eu nunca senti antes...

apsferreira

www.albanosoaresferreira.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, outubro 5, 2011 - 18:43

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

apsferreira

imagem de apsferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 33 semanas
Membro desde: 09/21/2009
Conteúdos:
Pontos: 3457

Comentários

imagem de belarose

Amei!

Ah... maravilhosa poesia, Poeta querido.
Tu consegues mesclar a suavidade, a candura do amor pleno com a ardência da paixão. Amei!

Isso é dom!
Belo!
Beijos muitos e muitos

imagem de apsferreira

Bela és, poetisa, pela

Bela és, poetisa, pela candura de tua Alma.

Obrigado por o teu doce comentário,

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of apsferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Paixão 0 689 07/28/2012 - 00:50 Português
Poesia/Amor E Eu Pereço Entre As Rosas 2 404 07/20/2012 - 18:29 Português
Poesia/Aforismo A Intelecto-cópula 0 702 07/20/2012 - 15:37 Português
Poesia/Dedicado Do Teu Sorriso Flui Um Hino 0 493 07/19/2012 - 03:09 Português
Poesia/Meditação Eclosão 4 722 06/14/2012 - 21:29 Português
Poesia/Meditação Escárnio 0 730 06/10/2012 - 23:58 Português
Poesia/Fantasia Amigo, Vai Um Cafezinho? 2 788 06/07/2012 - 20:38 Português
Poesia/Haikai Paixão 5 1.614 06/05/2012 - 19:55 Português
Poesia/Meditação Resignação 2 519 06/04/2012 - 21:15 Português
Poesia/Amor No Teu Sorriso... 2 906 05/10/2012 - 14:06 Português
Poesia/Meditação Coração, embriagado 7 685 04/24/2012 - 18:14 Português
Poesia/Intervenção Os Uivos da Multidão 6 538 04/21/2012 - 04:53 Português
Poesia/Amor E Eu Juro-te Amor Eterno 3 950 04/19/2012 - 18:04 Português
Poesia/Dedicado A Verdade de Um Amor 6 821 04/01/2012 - 16:53 Português
Poesia/Meditação Protesto à Saudade 4 792 03/28/2012 - 17:38 Português
Poesia/Aforismo A Dança, que Te Alcança 2 548 03/28/2012 - 16:20 Português
Poesia/Amor Incandescências da Alma 2 693 03/26/2012 - 08:53 Português
Poesia/Aforismo Alma de Poeta 4 615 03/24/2012 - 17:03 Português
Poesia/Dedicado As Telas da Tua Alma 2 901 03/22/2012 - 15:41 Português
Poesia/Meditação Consciência Pesada 4 696 03/20/2012 - 22:53 Português
Poesia/Amor Desejo 4 510 03/17/2012 - 23:37 Português
Poesia/Amor Quando Eu Te Vi 4 440 03/14/2012 - 16:50 Português
Poesia/Aforismo Tu Não Te Enxergas... 2 1.002 03/13/2012 - 01:43 Português
Poesia/Paixão Ah, Aquele Primeiro Beijo... 6 698 03/12/2012 - 16:22 Português
Poesia/Dedicado Inseguro, Eu Seguro a Tua Mão 4 615 03/09/2012 - 23:48 Português