CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

INTERESSE




Interesse

 

Desenhei uma flor,

A pensar no meu amor,

Que vejo e não me quer,

Por ser uma pessoa qualquer.

 

Ser uma pessoa qualquer,

Só é defeito para quem quiser,

Também tenho coração no peito,

E não me sinto com defeito.

 

Tenho amor e sentimentos,

E os sinto a todos os momentos,

Por ser uma pessoa qualquer,

Ela não me ama nem me quer.

 

Então resolvi continuar a ser eu,

Mas com ambição de plebeu,

Que quer chegar a ser gente,

Que pensa com a própria mente.

 

A minha ambição deu resultado,

Mas deu-me um trabalho danado,

Para ser o que para mim sonhei,

Consegui ser homem da lei.

 

Continuei a desenhar a minha flor,

Com todo o meu amor,

E o amor que  me rejeitou,

Para mim se chegou.

 

Eu como ser e bom pensante,

Achei o caso interessante,

Agora sou eu que não a quero,

Outra sem interesses eu espero.

 

Quem não me quis queria agora,

Rejeitei-a mandei-a embora,

Porque ela me rejeitou,

E eu continuo a ser o que sou.

 

 

Tavira, 29 de Maio de 2011-Estêvão

Submited by

sábado, novembro 16, 2013 - 17:48

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 semanas 2 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 551 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 527 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 487 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 926 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.089 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.055 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 870 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.137 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.213 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 636 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 748 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 842 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 831 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.165 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 939 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 717 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 847 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 724 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 756 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 781 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 828 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.673 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.485 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 866 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 830 12/07/2016 - 12:01 Português