CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Isto Posto

A quem eu quero enganar?...
O trânsito, o engarrafamento, o stress, os eventos
O fashion, a crise econômica do momento
A política, a corrupção, a falência humana
A tradição moral decrépita, fútil e decadente
A extinção preeminente da vida orgânica
As guerras e a paz aparente.
Se vai fazer sol, se vai chover. ou se vai trovejar
Os dias seguem arrastados, maçantes, mesquinhos...

Quanto à mim, sou essa redução de estômago
Vinculado à insignificância do meu decorrer
À ridícula idiossincrasia que somente eu
Nesta vida, em todo o universo, vou remoer
E mesmo assim, sequer vou  me conhecer
E comigo, ao meu lado, o todo que me excede
Vai putrificar, definhar e inevitavelmente perecer
Na intransponibilidade silente de seu próprio ser

__________________________________________

Outras reclamações em

http://carlinhoscavalcanti.blogspot.com.br/

abraço a todos

Submited by

quinta-feira, setembro 27, 2012 - 21:56

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 34 semanas
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de Cristy_f

Esse está uma maravilha..

Esse está uma maravilha..

imagem de carlfilho

Estranho Decorrer

Durmo e não acordo
Cumpro a sina
Acerto as contas
Pago a pena
Engulo meu carma
Sonho, sorrio e choro
Com este “ínfimo” detalhe
Ainda sei que existo
E torno a adormecer...

__________________________________________
Outras divagações em

http://carlinhoscavalcanti.blogspot.com.br/

abraço a todos

imagem de Cristy_f

Bem pensado, mas senti que o

Bem pensado, mas senti que o final ficou a desejar.
Talvez o intuito seja deixar nas mãos do leitor o desfecho..só que ainda assim acho que podia ter concluído de maneira mais impactante.
Abraço!

imagem de carlfilho

Obrigado

Bem colocado, Cristy.

Realmente, os poemas que coloco aqui são quase rascunho.
Geralmente, eu os reviso depois. Vou aproveitar sua observação

Valeu obrigado

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 740 09/18/2014 - 19:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 795 01/30/2014 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 866 09/12/2013 - 21:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 512 03/15/2013 - 18:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 945 03/15/2013 - 18:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.382 11/27/2012 - 18:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 1.215 11/27/2012 - 17:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 1.020 11/26/2012 - 21:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 1.177 11/26/2012 - 21:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.506 11/23/2012 - 23:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 1.104 11/23/2012 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.451 11/23/2012 - 16:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 905 11/21/2012 - 20:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 749 11/21/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 939 11/20/2012 - 23:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 815 04/20/2012 - 19:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 926 01/11/2012 - 17:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 828 01/10/2012 - 16:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 786 12/16/2011 - 03:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 894 12/15/2011 - 14:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 854 12/09/2011 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 817 12/07/2011 - 14:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 1.102 11/28/2011 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 878 11/28/2011 - 17:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 1.198 11/08/2011 - 21:55 Português