CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

...its dark outside

...à noite quando o relógio canta de mansinho e eu
a correr cá dentro nos ponteiros embasbacados pelo negro da sorte em fragilidades ténues de sussuros...

....sempre tive medo do escuro
dos fantasmas e das ilusões
dos punhais afiados nas mãos dos traidores a abraçarem causas maiores em nome do amor
mas
à noite
os fantasmas caem no chão quente da glória dos actos cá dentro a implorarem descanso
e canso-me de ser
fugas vespertinas a pararem no tempo fustigados pelo vento lá fora a assobiar cantigas de embalar que fecham as portas à memória dos dias em que te vi
via a passar para ficar
ficares dentro de mim
ao toque em segundos de sensações de completude a serem escravas da distância
vulgares palavras prepotentes a ousarem empunhar espadas em cavalos de tróia desconfiados a enganarem a lucidez
da noite...

....e canso-me de ser
assim objecto de batalhas perdidas a reinarem indecentes funestas vitórias
assim joguete inglório do sistema de luzes a contra-tempo
palcos delapidados por sorrisos
aplausos sombras em carne a arderem nos recantos das histórias
e dentro de mim
apenas sei
sei apenas uma palavra a ressoar nas escutas às escuras dos ecos da tua mente
que não sei
o rumo dos caminhos errantes nos empedrados das cidades a rugirem ao luar
e nas palavras entorpecidas pelo cansaço
apenas sei que
...sempre tive medo do escuro.

Do meu blog pessoal aqui

Um extra:

Submited by

terça-feira, junho 5, 2012 - 23:53

Poesia :

No votes yet

Inesofia

imagem de Inesofia
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 22 semanas
Membro desde: 11/30/2009
Conteúdos:
Pontos: 141

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Inesofia

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Romance I – Blue Raincoat de intermitências a sós 0 360 07/08/2014 - 02:12 Português
Prosas/Romance V – What a mess i leave run run 0 284 06/02/2013 - 21:01 Português
Poesia/Amor ...(a)mais 2 344 04/12/2013 - 23:57 Português
Prosas/Contos II – Dei os beijinhos todos ao Bu 0 245 04/12/2013 - 17:58 Português
Poesia/Amor ...(in)fusões 0 231 02/08/2013 - 06:49 Português
Poesia/Paixão ...(â)magos dos sentidos 2 507 12/20/2012 - 13:37 Português
Prosas/Romance V – You gave me songs to sing 0 517 12/18/2012 - 05:39 Português
Prosas/Romance III – Os apeadeiros são de partir não de ficar 0 307 11/14/2012 - 04:31 Português
Pintura/Figurativo "Curtains" by IGarcia 0 793 11/02/2012 - 03:31 Português
Prosas/Contos Bateu a meia-noite no relógio de parede (IV) 0 551 11/02/2012 - 03:16 Português
Pintura/Figurativo "À Flor da Pele" 0 628 09/25/2012 - 07:32 Português
Prosas/Contos Intimidades (in memoriam of...) 0 490 09/25/2012 - 06:49 Português
Prosas/Romance A Incógnita de nós 0 376 09/25/2012 - 06:37 Português
Videos/Arte ...Poison (audio-video-art) 0 594 08/17/2012 - 03:22 Português
Poesia/Desilusão (Tr)ause(u)nte 0 284 08/02/2012 - 03:33 Português
Videos/Arte ...its dark outside 0 632 08/02/2012 - 03:31 Português
Videos/Arte ...fica 0 666 07/11/2012 - 02:15 Português
Poesia/Amor ...fica 1 613 06/30/2012 - 07:19 Português
Poesia/Pensamentos ...its dark outside 0 740 06/05/2012 - 23:53 Português
Poesia/Pensamentos ...in veritas satire 0 443 05/08/2012 - 02:44 Português
Poesia/Amor Keep(it) 1 351 04/28/2012 - 21:28 Português
Poesia/Amor ...intimacy - take one 1 607 04/13/2012 - 19:02 Português
Poesia/Geral Spaces between... 1 390 04/01/2012 - 14:23 Português
Poesia/Amor ...D(e)ar 2 398 03/29/2012 - 21:49 Português
Poesia/Pensamentos ...poison 2 503 03/24/2012 - 16:16 Português