CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

LÁPIS DE SER

Que bofetada é este vento de navalhas
com que cada conjuntura barbeia
as rijas barbas do tempo?

Encarquilhada cara dos pensamentos
onde o pulsar do coração semeia
robustas lágrimas no olhar.

Que sopro é este entoar
de uma multidão de insanas vozes
que despenteiam as árvores dos sentimentos?

Pecantes maçãs pelo chão dos pomares do corpo.
Que quedas são estes anoiteceres em solidão?

Que bagaço entreva em nós a sombra
que nos tece a sede que a arde submersa
nos confins de uma espera que nada espera?

Que sóis as manhãs beijam sem sono
para adormecer os luares sem dono
sobre os horizontes da tristeza?

Com que mares a alma se eclipsa
entre saudade e dor?

Por que anseios as mãos se bronzeiam de amar?
Que palavras sente a boca neste silêncio?

Por que explosões
os lábios gritam aquele beijo
que o amor em desespero jorra e chora?

Que invisível será a cor o adeus?
Que veneno envenena a fome de crer?

Que curvas a escuridão esconde
nas rectas que o medo acende em tanto vazio?

Em que poço de águas turvas
a poesia se apinha de louca serpentinas
que se enroscam e se dissimulam no lápis de ser?
.
.
Henrique Fernandes

Submited by

sexta-feira, janeiro 16, 2015 - 20:47

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 6 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Fantasia NÁUFRAGAS PALAVRAS … 0 1.604 02/06/2013 - 01:27 Português
Poesia/Intervenção QUE A MORTE NOS MATE … 0 855 09/20/2012 - 17:53 Português
Prosas/Outros CADA INSTANTE 0 1.500 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros SEM AMAR A NÓS, NÃO AMAMOS A ELES 0 1.336 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros PROVA DE PRESENÇA 0 1.170 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros ECO DO LAMENTO 0 3.531 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros BILHETE DE IDENTIDADE 0 1.771 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros POR TUDO QUE AINDA TENHO POR TER 0 1.100 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros BEM-FAZER 0 1.725 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros FAZER AMOR É EMOÇÃO ADULTA 0 1.639 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros MARULHAR PRESO NAS FLORES DO CAMPO 0 1.560 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros MAS SOU HOMEM! 0 2.290 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros INTRADUZÍVEL 0 1.731 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros AMIGOS 0 3.564 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros SILÊNCIO VIVO 0 2.478 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros AMAR SEM MEDO 0 3.964 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros PELO CAMINHO DA EVIDÊNCIA 0 927 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros ROSAS DA PAZ 0 1.657 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Drama ALGURES 0 1.797 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Outros ESCRAVO DO SENTIR 0 869 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Drama SEM O LUXO DA PAZ 0 783 11/18/2010 - 23:38 Português
Prosas/Pensamentos CONQUISTAR 0 4.230 11/18/2010 - 23:39 Português
Prosas/Drama ECO NO INCERTO 0 966 11/18/2010 - 23:39 Português
Prosas/Outros MURALHA DE PECADO 0 1.073 11/18/2010 - 23:39 Português
Prosas/Outros EIXO DE CORAGEM 0 1.792 11/18/2010 - 23:39 Português