CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Boa Noite

Se eu não durmo
é que a poesia não me deixa dormir.
Ela está bem aqui, acolá, no ar, em todo lugar
querendo dizer-me
querendo me falar

Fecho os olhos, não consigo
sou compelido a abri-los.
Minhas pálpebras pesadas não carregam
O peso que levo comigo.

É uma denúncia, uma verdade
é uma tristeza, uma saudade
são ecos passados, desejos futuros
mas é sempre alegria
quando empunho a caneta
e extravaso poesia.

Finalmente, posso dormir.
Já está claro e mesmo assim
adormeço sentindo-me aquecido
pelo calor do seu hálito rente ao ouvido:

- Belos sonhos!

Ela me sopra baixinho...

Submited by

quarta-feira, janeiro 19, 2011 - 13:55

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 9 semanas
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de Cristy_f

Outro diminutivo que não

Outro diminutivo que não coube muito bem, como naquele "Coração Notívago". Nada contra a usar linguagem simples e coloquial, mas acho que você deveria repensar o uso desses termos. Seus poemas são ótimos e vão prendendo e envolvendo o leitor. Eu me senti assim quando li, e já li vários na sua página. Seria bom repensar esses usos, porque é um pouco frustrante quando se lê um poema que nos prende, nos envolve e, no final, ou em alguma parte, essa emoção esfria repentinamente , por causa de uma palavra deslocada.

imagem de carlfilho

Realmente, eu tinha dúvidas

Realmente, eu tinha dúvidas quanto a isso. Nos dois poemas, eu mudei pro diminutivo depois, pensando que ficaria melhor. Ainda tenho muitas dúvidas quanto a forma de escrever, o efeito que causa.

De novo, obrigado pelas observações.

valeu

;)

imagem de Henrique

extravaso poesia

Em todo o lugar são lugares de poesia quando o poeta a leva consigo, seja ela pesada ou leve!

 

:-)

imagem de carlfilho

extravaso poesia

Todo lugar é lugar de poesia

quando ela se prontifica!

 

ABRAÇO

HENRIQUE

valeu

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 546 09/18/2014 - 18:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 571 01/30/2014 - 20:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 633 09/12/2013 - 20:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 357 03/15/2013 - 17:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 726 03/15/2013 - 17:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.138 11/27/2012 - 17:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 1.017 11/27/2012 - 16:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 782 11/26/2012 - 20:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 940 11/26/2012 - 20:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.295 11/23/2012 - 22:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 886 11/23/2012 - 15:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.220 11/23/2012 - 15:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 657 11/21/2012 - 19:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 493 11/21/2012 - 18:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 644 11/20/2012 - 22:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 601 04/20/2012 - 18:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 672 01/11/2012 - 16:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 601 01/10/2012 - 15:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 568 12/16/2011 - 02:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 670 12/15/2011 - 13:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 601 12/09/2011 - 13:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 607 12/07/2011 - 13:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 866 11/28/2011 - 19:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 622 11/28/2011 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 928 11/08/2011 - 20:55 Português