CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Mais Uma Injúria Afásica Para Os Pronomes Em Primeira Pessoa

Ironicamente o sobressalto da noite
em toda sua plenitude rouba
a inocência que, obviamente, não poupa
os meus ossos do açoite

veemente dos demônios da degradação,
são tantas vozes sem sepultamento
que vou além do mero apodrecimento,
repetindo os signos da condenação

deste meu enredo cinzento-ancestral.
Eu preencho a lacuna do medo
que fica evidente a cada segredo
circunscrito no amplexo amoral

perdido entre o arrependimento amanhecido
que cravo na intermitência da Vida.
Mais que uma alcova, esta é a saída
para quem carrega o orgulho arrefecido.
 

Submited by

domingo, janeiro 2, 2011 - 20:56

Poesia :

No votes yet

malentacchi

imagem de malentacchi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 anos 7 semanas
Membro desde: 06/22/2009
Conteúdos:
Pontos: 704

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of malentacchi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Lamúrias 0 1.206 03/21/2011 - 04:53 Português
Poesia/Tristeza O Torniquete Atenuado 0 1.335 02/28/2011 - 02:25 Português
Poesia/Tristeza Solve et Coagula 0 865 02/28/2011 - 02:22 Português
Poesia/Tristeza Incompreensível (Como Tantos Outros) 2 1.097 01/26/2011 - 01:13 Português
Poesia/Soneto O Aviltamento do Verso 0 1.004 01/26/2011 - 01:03 Português
Poesia/Tristeza Quando os Espectros Machucam A Carne 0 1.131 01/26/2011 - 01:00 Português
Poesia/Tristeza Primaveras Mortas 0 1.078 01/19/2011 - 02:22 Português
Poesia/Tristeza Escrita Inferior 0 1.217 01/02/2011 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Mais Uma Injúria Afásica Para Os Pronomes Em Primeira Pessoa 0 949 01/02/2011 - 20:56 Português
Poesia/Tristeza Dificuldades Com o Verso Amaldiçoado 0 1.006 12/26/2010 - 20:57 Português
Poesia/Tristeza Exi[s]t-ência 0 826 12/26/2010 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza Entre A Sociopatia E A Filosofia Dos Não Valores 0 1.631 12/22/2010 - 04:13 Português
Poesia/Tristeza Uma Alegoria Para As Almas Desgraçadas 0 1.587 12/22/2010 - 04:05 Português
Poesia/Tristeza Conclave Para Um Diálogo Entres Sombras 0 1.625 12/22/2010 - 04:00 Português
Poesia/Tristeza Sobre a Perversidade e seus Hematoversos 0 1.485 12/21/2010 - 05:52 Português
Poesia/Tristeza A Filosofia dos Túmulos 0 1.496 12/21/2010 - 05:50 Português
Poesia/Tristeza Da Ínfima Procura 0 1.622 12/21/2010 - 05:49 Português
Poesia/Tristeza A Exumação de Todas As Minhas Mortes 0 811 12/21/2010 - 05:48 Português
Poesia/Tristeza Exurgent mortius at ad me venient (o morto se levante e venha a mim) 0 1.217 12/17/2010 - 05:23 Português
Poesia/Tristeza Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K. 0 1.357 12/17/2010 - 05:21 Português
Poesia/Tristeza A Proeminência da Falha 0 955 12/17/2010 - 05:19 Português
Poesia/Tristeza Ode à Tânatos 0 1.033 12/17/2010 - 05:16 Português
Videos/Perfil 855 0 1.234 11/24/2010 - 23:04 Português
Videos/Perfil 482 0 1.347 11/24/2010 - 22:58 Português
Videos/Perfil 481 0 1.687 11/24/2010 - 22:58 Português