CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Maria de Estocolmo

E sem que os búzios profetizassem,
eis que no improvável caminho
de uma ópera silenciada,
Maria de Estocolmo é chegada.

Maria do riso branco
e da tão fácil palavra fácil,
eis-te surgida qual vento do norte.

E ainda que tanto lamentes
os dramas, as angústias e as solidões,
nem a chuva, faz cinza a tarde inesperada.

Pois tu chegastes, Maria de tão longe;
e, no entanto,
Maria de tão perto.

Para Maria.


Lettré, l´art et la Culture. Rio de Janeiro, verão de 2015
 

Submited by

sábado, março 7, 2015 - 23:11

Poesia :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 4 anos 44 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Poesia As Cidades e as Guerras - A Canção de Saigon 0 7.550 11/20/2014 - 15:05 Português
Videos/Poesia As Cidades e as Guerras - A Canção de Bagdá 0 6.411 11/20/2014 - 15:02 Português
Videos/Poesia As Cidades e as Guerras - A Canção de Sarajevo 0 9.022 11/20/2014 - 14:58 Português
Poesia/Dedicado Negra Graça Poesia 0 856 11/20/2014 - 14:54 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Final - O Contrato Social 0 996 11/19/2014 - 21:02 Português
Poesia/Dedicado A Pedra de Luz 0 653 11/18/2014 - 15:17 Português
Poesia/Amor Chegada 0 1.055 11/16/2014 - 15:33 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XIX - A Liberdade Civil 0 588 11/15/2014 - 22:04 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XVIII - A teoria da Vontade Geral 0 1.088 11/15/2014 - 22:01 Português
Poesia/Dedicado Partidas 0 1.094 11/14/2014 - 16:13 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XVII - A transição para a Liberdade Civil 0 524 11/14/2014 - 15:06 Português
Poesia/Amor Diferenças 0 722 11/13/2014 - 21:25 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XVI - A Liberdade Natural 0 1.186 11/12/2014 - 14:46 Português
Poesia/Amor Tramas 0 868 11/11/2014 - 01:47 Português
Poesia/Geral A mulher que anda nua 0 975 11/09/2014 - 16:08 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XV - Emílio e a pedagogia rousseauniana 0 1.193 11/09/2014 - 15:21 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XIV - A transição para o Estado de Civilização 0 645 11/08/2014 - 15:57 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XIII - O homem no "Estado de Natureza" 0 614 11/06/2014 - 22:00 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XII - As Artes e as Ciências 0 425 11/05/2014 - 19:47 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XII - A Religião 0 774 11/03/2014 - 14:58 Português
Poesia/Geral Os Finados 0 823 11/02/2014 - 15:39 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte XI - O amor e o ódio 0 484 11/01/2014 - 15:35 Português
Poesia/Geral A Canção de Bagdá 0 844 10/31/2014 - 15:04 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte X - As grandes linhas do Pensamento rousseauniano 0 651 10/30/2014 - 21:13 Português
Prosas/Outros Rousseau e o Romantismo - Parte IX - A estada na Inglaterra e a desavença com Hume 0 1.122 10/29/2014 - 14:28 Português