CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A MINHA ESCOLA

A minha escola

 

Gostava muito de aprender a brincar,

Não levar a vida a sério, sem chorar,

Quer de tristeza quer de alegria,

Rir de noite ou rir de dia

Rir da morte, para não me custar a morrer,

Porque já chorei, aquando do meu nascer.

 

Gostava muito de aprender a brincar,

Rir dos meus mestres, quando me querem ensinar,

Para ter mais sabedoria a sorrir também,

Rir da recordações das pancadas da minha mãe,

Gostava muito ser incluído nos grandes sábios

E mostrar sempre um sorriso nos meus lábios.

 

Gostava muito de aprender a brincar,

Até a própria matemática que só quer complicar,

E a brincar com a matemática gostava de aprender,

Para resolver os meus problemas sem sofrer,

E com um riso largo para o meu professor,

Que me ensinasse a matemática sem dor.

 

Gostava muito de aprender a brincar,

Saber as coisas da vida, sem ter que chorar,

Levar a vida a sério, é muito aborrecido,

Por isso gostava que o professor risse comigo,

Quando me ensinasse as coisas da vida,

 Para que sentisse que a escola é uma amiga.

 

Gostava muito de aprender a brincar,

Para sentir que ensinar não é castigar,

Ter alegria no aprender e vontade no saber,

Distinguir o bem do mal para nunca ofender,

Sentir sempre uma grande auto estima,

Porque a brincar, a brincar também se ensina.

 

Gostava muito de aprender a brincar,

Aprender até muitas coisas a cantar,

Pois para ser sábio, não precisa ser sério,

Nem ter que aprender ouvindo algum impropério.

Fazer da escola uma fábrica de brincar para aprender,

Que a vida não se deve levar muito a sério.

 

Gostava de aprender a brincar,

E que a escola fosse um jardim, um lindo lugar,

Onde também me dessem carinho e amor,

Sem que nunca me fizessem sentir torpor,

Que acordasse todas as manhãs contente,

Para ir à escola educar a minha mente.

 

 

7/12/09 - Estêvão

 

Submited by

quarta-feira, março 21, 2012 - 12:22

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 semanas 19 horas
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Bom... Bjs na alma, Keila...

Bom...

Bjs na alma,

Keila... .....)...(@

:)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 333 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 206 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 254 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.382 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 883 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.144 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.671 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.356 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.972 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.299 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.697 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.715 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 959 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.123 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.131 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.355 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.713 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.381 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 961 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.529 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.068 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.166 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.042 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.233 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.133 12/21/2016 - 10:58 Português