CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AS MINHAS ASAS

As minhas asas

 

 

As minhas palavras são as asas da minha liberdade,

Elas não são ouvidas mas escritas de vontade,

Ficam no silêncio registadas por mim no papel,

Para mim têm um gosto especial, inigualável,

Pois sou de poucas palavras para outros ouvirem,

Gosto muito mais de escrever para que me animem.

 

 

Com as minhas palavras escritas eu posso voar,

Com elas escritas, ou gravadas eu também sei sonhar,

Digo o que me vai na alma mas ninguém vai saber,

Afinal penso que elas são livres, são presas ao escrever,

Ficam sem voz, não saem do papel, ninguém as lê,

Mas elas não se importam não falam, ninguém as vê.

 

 

Como são por mim pensadas e escritas, são libertadas,

 Da minha mente que as produz, no papel ficam gravadas,

Do papel já não saem, emudecem, são pretérito,

No mesmo momento em que as escrevo, é meu mérito,

Ninguém me pede para que eu proceda desta maneira,

Sou eu mesmo que sou assim de personalidade inteira.

 

 

E as minhas palavras dão-me asas para divagar,

Com elas eu posso ir para qualquer lugar,

Constroem os meus sonhos e depois são recordadas,

E eu gosto de as ler para lhes dar voz ao serem visitadas,

Às vezes fico a pensar se fui eu que as escrevi,

Com interrogação porque gosto delas, pois as emiti.

 

 

Ai, se não fossem as minhas palavras que são esculpidas,

Pela minha mão e que da minha mente são recebidas,

Eu já não seria eu, nem estaria aqui este poema a escrever,

Andaria de jardim em jardim, a olhar a fingir viver,

Mas, graças às minhas palavras, as asas da minha liberdade,

Fazem de mim um ser feliz com gosto de viver mas sem vaidade.

 

 

Tavira, 18 de Fevereiro de 2011 - Estêvão

Submited by

quinta-feira, maio 23, 2013 - 08:55

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 24 semanas 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Comentários

imagem de Maria Letra

As Minha Asas

Um lindo poema. É nas palavras que nos revemos e nos libertamos pela liberdade que lhes damos. Gostei muito.

imagem de José Custódio Estêvão

POEMA

Obrigado pelo comentário. Nem sempre as palavras traduzem os sentimentos, mas os poemas sentem-se no coração e soltam-se da alma de cada um de nós.
Um abraço
Estêvão

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor ASAS DE FOGO 0 573 05/13/2015 - 10:53 Português
Poesia/Meditação MISTÉRIOS DO SER 0 952 05/06/2015 - 10:16 Português
Poesia/Meditação A VOZ DO DINHEIRO 0 662 04/29/2015 - 15:14 Português
Poesia/Amor AMAR EM SILÊNCIO 0 483 04/22/2015 - 10:42 Português
Poesia/Amor ORAÇÃO 0 617 04/15/2015 - 09:04 Português
Poesia/Meditação O INFERNO ESTÁ NA TERRA, NÃO NO CÉU 0 381 04/08/2015 - 10:52 Português
Poesia/Meditação DESCONTROLO 0 915 04/01/2015 - 11:16 Português
Poesia/Meditação QUEM MANDA? 0 884 03/25/2015 - 10:12 Português
Poesia/Meditação PARAR É MORRER 0 529 03/18/2015 - 11:59 Português
Poesia/Meditação GUERREIRO DA VERDADE 0 1.650 03/11/2015 - 10:29 Português
Prosas/Pensamentos OS RIOS 1 2.152 03/08/2015 - 14:41 Português
Poesia/Meditação ANDAR ÀS CEGAS 0 1.833 03/04/2015 - 10:46 Português
Poesia/Meditação VIVER E RECORDAR 0 696 02/25/2015 - 11:10 Português
Poesia/Meditação OS DIAS ASSINALADOS 2 827 02/19/2015 - 11:38 Português
Poesia/Meditação DIAS ASSINALADOS 0 1.515 02/18/2015 - 12:18 Português
Poesia/Meditação SÓ SILÊNCIO NÃO 0 595 02/11/2015 - 11:30 Português
Poesia/Meditação SOU DO MEU PENSAMENTO 0 437 02/04/2015 - 10:00 Português
Poesia/Amor PALAVRAS APENAS 0 510 01/28/2015 - 10:13 Português
Poesia/Meditação OLHANDO O CÉU 0 600 01/14/2015 - 10:35 Português
Poesia/Meditação OCULTO 0 522 01/07/2015 - 17:02 Português
Poesia/Meditação SEREI CARNE OU ESPÍRITO? 0 624 12/31/2014 - 10:14 Português
Poesia/Meditação EU SOU ASSIM! 0 651 12/24/2014 - 10:30 Português
Poesia/Amor AS ROSAS TAMBÉM FALAM 0 576 12/17/2014 - 10:33 Português
Prosas/Pensamentos SERPENTES 0 757 12/11/2014 - 11:45 Português
Poesia/Meditação A GUERRA 0 633 12/11/2014 - 11:34 Português