CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Minutos antes

Alucino nesta tarde sem fim
onde a dor de te ver partir me eleva
contra o mundo num grito que não sai simplesmente,
fica estrangulado na minha garganta,
bem no fundo da minha alma.

Ergo os olhos na esperança
de te rever enquanto tu me dizes adeus,
cerrei os punhos,
roguei a deus,
pedia o teu regresso.

O meu amor partia
deixava-me para trás.

Escusava
recordar minutos antes as juras de amor,
o abraço aconchegante.
o seu beijo quente e sofrido
e escrevia volta amor.

Na minha vida
não existe espaço para mais dor,
no telemóvel entrava uma mensagem,
era tua e dizia vou sair!

Olho enquanto
corres na minha direcção,
permaneço quieta enquanto
me levantas num abraço teu,
tão quente de transpiração.

Submited by

quarta-feira, abril 15, 2009 - 01:03

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 29 semanas 1 dia
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de jopeman

Re: Minutos antes

A chama da paixão minutos antes e a cinza da dor minutos depois.
Gostei bastante.
Bjo

imagem de Anonymous

Re: Minutos antes

dois momentos: minutos antes e minutos depois e no ponto de convergencia fica os estilhaços.

Excelente!

Beijo

imagem de Anonymous

Re: Minutos antes P/mariamateus

O espelho da dor das despedidas na ânsia do regresso...

beijo

imagem de Henrique

Re: Minutos antes

Um antes vivido no agora depois desse regresso!!!

A alma fala por si própria...

Beijinho :-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza NADA, É O QUE ME CONFORTA ESTA SOLIDÃO 0 834 08/01/2011 - 17:05 Português
Poesia/Amor MIL MARÉS NUM MAR A DOIS 1 818 07/30/2011 - 14:19 Português
Poesia/Pensamentos TALVEZ 3 782 07/30/2011 - 13:53 Português
Poesia/Amor VERDE ESPERANÇA 0 916 07/28/2011 - 15:01 Português
Poesia/Dedicado MÃE 0 586 07/14/2011 - 14:07 Português
Poesia/Pensamentos LABAREDAS GÉLIDAS 0 553 07/14/2011 - 13:51 Português
Poesia/Meditação O AMOR É DOR E PARTILHA 0 1.300 07/14/2011 - 13:42 Português
Poesia/Pensamentos ORA ANGÉLICO ORA PERVERSO 0 674 07/14/2011 - 13:41 Português
Poesia/Tristeza SEM FIM À VISTA 0 577 07/14/2011 - 13:39 Português
Poesia/Tristeza A LÁGRIMAS E FOGO 0 870 07/14/2011 - 13:38 Português
Poesia/Pensamentos ONDE ESTOU? 0 1.515 07/14/2011 - 13:36 Português
Poesia/Pensamentos SOZINHA NO MEIO DA MULTIDÃO 1 963 07/09/2011 - 02:35 Português
Poesia/Tristeza VAZIO QUE OCUPA AS HORAS LENTAS 2 1.620 07/06/2011 - 20:15 Português
Poesia/Alegria A VIDA FAZ-ME BEM! 3 525 07/06/2011 - 20:10 Português
Poesia/Aniversários PARABÉNS NUNO RICARDO!!! 1 1.122 07/06/2011 - 01:12 Português
Poesia/Pensamentos QUANDO MEU ROSTO FOR OUTONO 0 784 06/29/2011 - 15:38 Português
Poesia/Tristeza NOITE 0 496 06/29/2011 - 15:23 Português
Poesia/Intervenção VAI-TE! 0 684 06/29/2011 - 15:12 Português
Poesia/Meditação FUI O ISCO PERFEITO 2 1.034 06/28/2011 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza DILACERADA PELA PERDA 1 654 06/28/2011 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza FLORIDA NO CARVÃO QUE PINCELA A VIDA 0 506 06/26/2011 - 20:08 Português
Poesia/Tristeza DEPOIS DE AMANHÃ TANTOS AMANHÃS 0 540 06/26/2011 - 19:49 Português
Poesia/Tristeza PRISIONEIRA DE MIM 0 803 06/26/2011 - 19:39 Português
Poesia/Pensamentos INSÓNIA 1 668 06/25/2011 - 17:35 Português
Poesia/Amor ENTREGAR-ME AO MELHOR QUE TIVE AO TER-TE 1 724 06/25/2011 - 17:31 Português