CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM

De novo
o martelar das palavras
invadindo meu ser.

Gritos de agonia forjam
o que sente meu coração.

Dor presente!

Golpeando todos os sonhos
que outrora sonhara contigo.

Abraça-me a agonia de te perder,
a saudade do teu sentir,
já nada posso fazer.

Quem ama liberta.

Libertei-te,

acorrentei-me entre golpes
amortecidos no espelho do meu pensar
nesta infelicidade sentida
de ainda te amar.

Apenas o piar dos pássaros me trás de novo
ao momento crucial em que estou sentada.

Dir-te-ia muita coisa,
se teus olhos brilhassem
pelos meus.

Daria a volta ao mundo pelos brilhos de outrora.

Perdidos em cálidas noites
de beijos nossos.

Beijos suados,
corpos colados por promessas de amor.

Momentos de magia,
que uniam nossas mãos
tal corrente une as ondas

à areia.

Morro entre palavras que nada te dizem.

Submited by

sábado, julho 6, 2013 - 02:00

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 23 semanas 4 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de Joel

Apenas o piar dos pássaros me trás de novo ao momento

Apenas o piar dos pássaros me trás de novo
ao momento

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza NADA, É O QUE ME CONFORTA ESTA SOLIDÃO 0 816 08/01/2011 - 17:05 Português
Poesia/Amor MIL MARÉS NUM MAR A DOIS 1 810 07/30/2011 - 14:19 Português
Poesia/Pensamentos TALVEZ 3 765 07/30/2011 - 13:53 Português
Poesia/Amor VERDE ESPERANÇA 0 898 07/28/2011 - 15:01 Português
Poesia/Dedicado MÃE 0 547 07/14/2011 - 14:07 Português
Poesia/Pensamentos LABAREDAS GÉLIDAS 0 537 07/14/2011 - 13:51 Português
Poesia/Meditação O AMOR É DOR E PARTILHA 0 1.283 07/14/2011 - 13:42 Português
Poesia/Pensamentos ORA ANGÉLICO ORA PERVERSO 0 652 07/14/2011 - 13:41 Português
Poesia/Tristeza SEM FIM À VISTA 0 570 07/14/2011 - 13:39 Português
Poesia/Tristeza A LÁGRIMAS E FOGO 0 833 07/14/2011 - 13:38 Português
Poesia/Pensamentos ONDE ESTOU? 0 1.506 07/14/2011 - 13:36 Português
Poesia/Pensamentos SOZINHA NO MEIO DA MULTIDÃO 1 930 07/09/2011 - 02:35 Português
Poesia/Tristeza VAZIO QUE OCUPA AS HORAS LENTAS 2 1.609 07/06/2011 - 20:15 Português
Poesia/Alegria A VIDA FAZ-ME BEM! 3 510 07/06/2011 - 20:10 Português
Poesia/Aniversários PARABÉNS NUNO RICARDO!!! 1 1.105 07/06/2011 - 01:12 Português
Poesia/Pensamentos QUANDO MEU ROSTO FOR OUTONO 0 775 06/29/2011 - 15:38 Português
Poesia/Tristeza NOITE 0 478 06/29/2011 - 15:23 Português
Poesia/Intervenção VAI-TE! 0 670 06/29/2011 - 15:12 Português
Poesia/Meditação FUI O ISCO PERFEITO 2 1.023 06/28/2011 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza DILACERADA PELA PERDA 1 640 06/28/2011 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza FLORIDA NO CARVÃO QUE PINCELA A VIDA 0 502 06/26/2011 - 20:08 Português
Poesia/Tristeza DEPOIS DE AMANHÃ TANTOS AMANHÃS 0 529 06/26/2011 - 19:49 Português
Poesia/Tristeza PRISIONEIRA DE MIM 0 798 06/26/2011 - 19:39 Português
Poesia/Pensamentos INSÓNIA 1 664 06/25/2011 - 17:35 Português
Poesia/Amor ENTREGAR-ME AO MELHOR QUE TIVE AO TER-TE 1 702 06/25/2011 - 17:31 Português