CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Não sou surda, E vós?

Não sou surda. E vós?

Que me diz o teu sorriso
quando te vejo alheado?
Que pergunta me fazes

com esse olhar calado?

Que mundo é o teu mundo
em silêncio fechado?
Que mundo é o meu mundo
em palavras pronunciado?

A ternura que me tolda
o olhar embaciado,
revolve-me de vergonha
do país mal amado.
Não te sentes ameaçado
pela revolta surda
do discriminado?

Talvez antes orgulhoso
perante a luta determinada
de gente segura
e merecedora

de um prémio maior
- o respeito!

Sente-se no peito
inchado do vento
que insufla as velas
do veleiro
que em ti, menino surdo,
viaja carregado de sonhos
e em malas, empacotados.

OF 11-09-2011

(26 de Setembro, dia nacional de quem comunica por palavras silenciosas - singela homenagem.)
 

Submited by

terça-feira, setembro 27, 2011 - 00:25

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 19 semanas 9 horas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1918

Comentários

imagem de MariaButterfly

Bonito o teu gesto, Bonita a

Bonito o teu gesto,
Bonita a tua poesia,

O mundo é feito de gestos,
E o gestos de palavras.

Beijo num abraço!

imagem de Odete Ferreira

Grata por

Grata por estares presente nos meus escritos, MariaButterfly.

No caso em apreço, os gestos são mesmo palavras :)

Bjo :)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 0 332 04/25/2016 - 02:29 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 0 298 12/30/2015 - 22:42 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 447 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 0 423 12/13/2015 - 19:07 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 531 11/25/2015 - 02:18 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 2 389 09/05/2015 - 19:00 Português
Prosas/Outros Da alma 0 286 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 568 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 378 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 426 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 480 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 353 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 698 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 562 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 595 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 835 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 635 12/30/2014 - 14:27 Português
Poesia/Geral Semeio-me de Natal 0 540 12/23/2014 - 00:14 Português
Poesia/Meditação Beleza horizontal 0 655 12/05/2014 - 20:07 Português
Poesia/Geral Tens o milagre na mão 0 537 11/17/2014 - 02:27 Português
Poesia/Dedicado E eu seguia-te 0 512 11/08/2014 - 17:06 Português
Poesia/Soneto Resgate 0 596 11/03/2014 - 01:47 Português
Poesia/Tristeza Vazios 0 669 10/21/2014 - 16:01 Português
Poesia/Geral Versos molhados 0 513 10/09/2014 - 00:52 Português
Poesia/Fantasia Da vida extraímos sinfonia 0 522 10/03/2014 - 00:57 Português