CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

Nos olhos
trago melancolia,
dor e sofrer por te perder.

Nas mãos
embalo saudade,
no peito bate açucarado
o reviver-te,
querer-te.

Minha alma
é mar embravecido,
dou-me à dor
numa espiral das falésias
marcantes da distância
do teu abraço envenenando o tempo
que não te traz de volta a mim.

Á MEMORIA DO MEU AMADO FILHO: IVO ALEXANDRE
MATEUS.

Submited by

quinta-feira, setembro 3, 2009 - 13:27

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 28 semanas 5 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de Patrícia Taz

Re: NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

Querida Maria,

A vida às vezes não se entende.
A partida de um filho querido
É dor que não sinto por não ter.
Mas como ser mãe é nosso instinto,
Sei que teu coração ficou partido
Por teu petiz jamais puderes ver.
Sobra a saudade, imagens de papel...
Lembranças em filme na tua mente,
Gasto, apodrecido, de tanto rever.
A coragem faz-te seguir em frente
E, no meio desse confuso labirinto,
Escolheste não pintar com pincel.
Escreves para que a dor se desvende
E teu doído coração não perecer.

A tua escrita prende-me.
Um abraço envolvente como África.
PaTaz

imagem de Dianinha

Re: NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

Que lindo poema, ainda que muito sofrido...
A tristeza e a dor também se escrevem, muitas das vezes acompanhadas com lágrimas! :-(

Lindo, adorei!

Beijinho!

imagem de KeilaPatricia

Re: NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

Querida amiga...

Sei que a perda é a pior das dores... ainda mas quando se trata de um amor tão puro como o de mãe p´ra filho... mas, saiba que Deus o tem em seus braços e cuida dele pra ti... e que a brisa que toca seu rosto é sempre um beijo dele enviado por Deus para acalmar e consolar seu coração...

Beijos na sua linda e iluminada alma...

imagem de jopeman

Re: NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

Um dia o filho perguntaria à mãe:

"Mãe! Como sei que me amas se nem uma palavra me acaricia nem as tuas mãos me embalam?"

A mãe responderia com uma lágrima:

"Amado filho! Todo o amor que te diz respeito te será contado quando nas mãos embalar a saudade"

Dedicado a vocês

Um beijão

imagem de MarneDulinski

Re: NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

mariamateus!

Linda, sua manifestação de amor ao filho ido!

Somo-me a você nesta tristeza, que emana de ti!

Com muito respeito e carinho,
MarneDulinski

imagem de Anonymous

Re: NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

Também sou mãe!

Só te consigo dar um abraço muito, muito grande!

Li o teu poema e está aqui junto comigo!

beijo e abraço

Breizh

imagem de Henrique

Re: NAS MÃOS EMBALO A SAUDADE.

Embalas uma saudade eterna em tuas mãos de mãe sofrida num sentimento injusto da natureza.

É dos mais negros sentimentos um pai ou mãe perder um filho e mais uma vez consegues de forma ímpar expressar a tua tristeza numa poesia pura e tocante.

beijo e deixo aqui o meu pesar e um abraço humano para que a vida se espalhe em ti feliz para te homenagear como boa mãe, uma mulher exemplar e acima de tudo és um ser de luz...

;-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.160 02/26/2018 - 13:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.587 07/01/2013 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.457 04/01/2013 - 09:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.659 03/30/2013 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.091 03/25/2013 - 18:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.211 03/16/2013 - 22:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.465 03/08/2013 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 897 03/08/2013 - 02:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.713 03/05/2013 - 22:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.343 03/05/2013 - 22:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.128 03/02/2013 - 01:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 898 02/11/2013 - 13:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.340 02/07/2013 - 15:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.671 01/14/2013 - 22:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.766 12/09/2012 - 18:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.516 12/09/2012 - 00:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.197 12/07/2012 - 16:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.812 12/06/2012 - 20:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.459 12/06/2012 - 19:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.477 12/04/2012 - 19:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.897 11/29/2012 - 20:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.289 11/26/2012 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.987 09/30/2012 - 22:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.925 09/25/2012 - 02:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.596 09/18/2012 - 22:32 Português