CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A NATUREZA E NÓS


A Natureza, esse Bem
que devemos venerar,
criou todo o Universo
e a linda arte de amar. 
É, portanto, nossa Mãe.
Mas algo muito perverso,
sem corpo, nem coração,
fez nascer, também, o mal
que dói, aniquila, mata,
duma maneira brutal,
sem nenhuma compaixão.
Sabemos a forma exacta
como dar provas de amor
à nossa Mãe, tão querida...,
só que há muito desgraçado,
desligado do que é vida,
que é do mal, seu condutor.
Nunca ouvido, nunca amado,
ou talvez com muito disso,
ignora tudo e todos
e rema contra a maré,
dos mais variados modos,
cuja força não cobiço.
Com o mundo neste pé,
de diferenças contrastantes,
só nos resta incentivar
os bons, a serem melhores,
e lutas incrementar,
com atitudes constantes,
p´ra evitar dias piores ...

Se respeitas tua Mãe,
porque não a Natureza?
Merece teu Amor também.
Precisa da tua defesa
em cada dia que corre,
por tudo aquilo que morre.

Maria Letra
01 de Novembro de 2009

Submited by

domingo, agosto 25, 2013 - 16:20

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 semanas 6 dias
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2218

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Terror UM GALINHEIRO DE AVES ESCOLHIDAS A DEDO PARA PRODUZIR AUDIÊNCIAS 0 1.465 01/07/2014 - 07:47 Português
Poesia/Geral UM CERTO FALSO AMAR 0 1.141 12/30/2013 - 04:26 Português
Poesia/Geral ESTE NATAL EM PORTUGAL 0 527 12/29/2013 - 17:58 Português
Poesia/Geral UM EGO CEGO 0 2.414 12/12/2013 - 13:38 Português
Poesia/Poetrix SÓ, MAS FELIZ! 0 1.383 10/16/2013 - 07:35 Português
Poesia/Geral ERROS MEUS 0 1.026 10/16/2013 - 01:48 Português
Poesia/Geral QUANDO "SÓ", VALE A PENA 0 691 10/13/2013 - 18:43 Português
Poesia/Intervenção CERCO AOS MARRETAS 0 801 10/07/2013 - 11:11 Português
Poesia/Desilusão VER..., PARA CRER! 0 804 09/28/2013 - 11:20 Português
Poesia/Geral TEUS VENTOS 0 757 09/15/2013 - 09:14 Português
Poesia/Amor A TUA AUSÊNCIA 0 1.196 09/14/2013 - 15:03 Português
Poesia/Geral A MORTE TRAINDO A VIDA 0 569 09/06/2013 - 21:20 Português
Poesia/Geral A NATUREZA E NÓS 0 863 08/25/2013 - 16:20 Português
Poesia/Geral PORQUÊ SETEMBRO? 0 697 08/25/2013 - 11:56 Português
Poesia/Geral PROCESSO LENTO 0 1.061 08/20/2013 - 19:17 Português
Poesia/Geral O HAVER DEVE MUITO AO SALDO 0 1.029 08/19/2013 - 00:03 Português
Poesia/Amor MEU SENTIR-TE 0 824 08/17/2013 - 13:38 Português
Poesia/Poetrix SATURAÇÃO 0 716 08/17/2013 - 10:29 Português
Poesia/Geral PROJECTO DE VIDA 0 880 08/17/2013 - 10:02 Português
Poesia/Tristeza MORTE, LEGADO ODIADO 0 757 08/16/2013 - 19:10 Português
Poesia/Tristeza TEMPOS QUE O TEMPO TE DEU 0 1.144 08/15/2013 - 11:08 Português
Poesia/Tristeza PERDÃO, MÃE! 0 2.687 08/13/2013 - 10:45 Português
Poesia/Geral O LADO MAU DA CULTURA 0 737 08/11/2013 - 18:00 Português
Poesia/Geral INDIFERENÇA 0 840 08/09/2013 - 17:52 Português
Poesia/Poetrix ESPAÇOS MEUS 0 1.303 08/09/2013 - 10:55 Português