CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nefasto sentimento de um coração iludido

Pode pensar o que quiser que não me importo
Nem um pouco.
Rasgue o seu coração e as roupas se quiser
Pode suar sangue e ri das próprias desgraças
Que não ligo de forma nenhuma.
Sou arredio
Não tenho escrúpulo e nem sinto compaixão
Dessa dor que você diz estar sentindo.
Nefasto sentimento de um coração iludido.
Eu disse que se me levasse não poderia me fazer voltar
Eu avisei que com o meu coração você não poderia brincar
Que você choraria nas madrugadas
E eu não me importaria mais.
Não posso ficar nem mais um minuto com você
Não faz bem aos meus olhos
Não faz bem ao meu coração.
Esse olhar tão cruel que estraçalhou minha mente
Foi arrancado de dentro do meu coração
E as cicatrizes ainda doem.
Não quero ver o seu olhar
Nem sentir o seu perfume outra vez.
Despedaço o quadro onde você sorria
Apago as fotos que mostravam um período de felicidade
E arranco do meu peito toda e qualquer lembrança
De quando imaginava um amor sem fim.
Vejo um sol que desponta no horizonte
Onde eu jamais havia imaginado
E corro pelas planícies sentindo a brisa
De um novo alvorecer.
Você foi e não é mais
Eu não fui
E hoje sou
A poesia livre a voar
Pelos campos floridos na primavera.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, novembro 15, 2019 - 15:44

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 3 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4187

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Tudo no mundo são sombras que passam 2 167 04/03/2020 - 19:50 Português
Poesia/Pensamentos Elogio a Ignorância 0 9 04/03/2020 - 19:49 Português
Poesia/Meditação O Viajante 0 28 03/31/2020 - 14:38 Português
Poesia/Amor Não há outra razão 0 43 03/26/2020 - 19:23 Português
Poesia/Meditação O Mundo de Ponta Cabeça 0 33 03/24/2020 - 16:48 Português
Poesia/Meditação O Coronavírus e a esperança! 0 29 03/22/2020 - 15:40 Português
Poesia/Intervenção O silêncio das ruas 0 38 03/20/2020 - 13:45 Português
Poesia/Paixão Que sorriso lindo! 0 60 03/12/2020 - 01:53 Português
Poesia/Tristeza Refúgio oculto 0 82 03/09/2020 - 22:50 Português
Poesia/Pensamentos Coração apagado 0 66 03/03/2020 - 23:10 Português
Poesia/Desilusão Escuridão já vi pior 0 79 03/03/2020 - 00:10 Português
Poesia/Desilusão A Chave 0 68 02/28/2020 - 22:58 Português
Poesia/Amor Gostosa forma de te amar 0 59 02/26/2020 - 20:47 Português
Poesia/Desilusão Fuga 0 98 02/20/2020 - 22:35 Português
Poesia/Amor Perdido em pensamentos 0 51 02/17/2020 - 23:28 Português
Poesia/Amor Um coração que te ama 0 79 02/14/2020 - 20:54 Português
Poesia/Tristeza E por não poder chegar até você 0 174 02/13/2020 - 01:04 Português
Poesia/Meditação O silêncio oculto dos deuses 0 79 02/11/2020 - 00:06 Português
Poesia/Amor Antes de amar você 0 69 02/07/2020 - 22:13 Português
Poesia/Amor Seu olhar 0 152 02/06/2020 - 19:40 Português
Poesia/Tristeza Onde escondo a minha dor 0 87 02/03/2020 - 18:59 Português
Poesia/Amor Vi seus olhos e entendi 0 142 01/28/2020 - 23:52 Português
Poesia/Meditação Livrai-me dos laços armados contra mim! 0 136 01/27/2020 - 20:12 Português
Poesia/Intervenção A árvore está viva 0 215 01/23/2020 - 20:58 Português
Poesia/Tristeza As máscaras da melancolia 0 107 01/22/2020 - 23:23 Português