CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nefasto sentimento de um coração iludido

Pode pensar o que quiser que não me importo
Nem um pouco.
Rasgue o seu coração e as roupas se quiser
Pode suar sangue e ri das próprias desgraças
Que não ligo de forma nenhuma.
Sou arredio
Não tenho escrúpulo e nem sinto compaixão
Dessa dor que você diz estar sentindo.
Nefasto sentimento de um coração iludido.
Eu disse que se me levasse não poderia me fazer voltar
Eu avisei que com o meu coração você não poderia brincar
Que você choraria nas madrugadas
E eu não me importaria mais.
Não posso ficar nem mais um minuto com você
Não faz bem aos meus olhos
Não faz bem ao meu coração.
Esse olhar tão cruel que estraçalhou minha mente
Foi arrancado de dentro do meu coração
E as cicatrizes ainda doem.
Não quero ver o seu olhar
Nem sentir o seu perfume outra vez.
Despedaço o quadro onde você sorria
Apago as fotos que mostravam um período de felicidade
E arranco do meu peito toda e qualquer lembrança
De quando imaginava um amor sem fim.
Vejo um sol que desponta no horizonte
Onde eu jamais havia imaginado
E corro pelas planícies sentindo a brisa
De um novo alvorecer.
Você foi e não é mais
Eu não fui
E hoje sou
A poesia livre a voar
Pelos campos floridos na primavera.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, novembro 15, 2019 - 14:44

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 6 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4757

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão A vida segue seu curso 0 8 11/27/2020 - 21:35 Português
Poesia/Pensamentos Divagação de um poeta na noite de sua vida 0 14 11/27/2020 - 01:04 Português
Poesia/Desilusão Encontrar é o início de perder 0 14 11/26/2020 - 19:40 Português
Poesia/Tristeza Era disso que tinha medo 0 17 11/25/2020 - 17:53 Português
Poesia/Amor Não existem palavras que possa descrever esse amor 1 36 11/24/2020 - 20:24 Português
Poesia/Dedicado Professora 0 39 11/20/2020 - 01:50 Português
Poesia/Amor Uma canção 0 23 11/19/2020 - 19:28 Português
Poesia/Desilusão Nada é como era antes 1 99 11/18/2020 - 20:38 Português
Poesia/Pensamentos Serei coração perdido 0 20 11/18/2020 - 20:20 Português
Poesia/Pensamentos Ladrão de almas 0 26 11/16/2020 - 22:20 Português
Poesia/Alegria 47 0 49 11/13/2020 - 18:29 Português
Poesia/Pensamentos Positividade 0 32 11/11/2020 - 21:41 Português
Poesia/Amor Ainda nos sonhos eu te encontro 0 24 11/09/2020 - 17:59 Português
Poesia/Fantasia Um dia pode ser melhor 0 39 11/06/2020 - 23:13 Português
Poesia/Desilusão Não negue o seu tempo a mim 0 23 11/05/2020 - 18:11 Português
Poesia/Amor Pra você 0 58 11/04/2020 - 18:17 Português
Poesia/Dedicado Se passares por Cáceres um dia 0 18 11/03/2020 - 18:13 Português
Poesia/Fantasia Não te conheço e te procuro 0 24 10/31/2020 - 20:10 Português
Poesia/Pensamentos Esta é a história de um homem marcado por uma imagem da infância 0 53 10/30/2020 - 13:37 Português
Poesia/Meditação O medo devora a alma 0 30 10/29/2020 - 18:22 Português
Poesia/Pensamentos O começo do fim 0 81 10/28/2020 - 22:35 Português
Poesia/Tristeza Castigo ou maldade? 0 27 10/27/2020 - 18:21 Português
Poesia/Amor Quero caminhar até o fim 0 33 10/26/2020 - 18:07 Português
Poesia/Tristeza Uma lágrima 0 87 10/22/2020 - 20:41 Português
Poesia/Pensamentos Terra dos pássaros 0 37 10/21/2020 - 18:26 Português