CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NENHUM POEMA É ESPECIAL

Nenhum poema é especial.

Especial sim,
é a interpretação
que o leitor absorve de cada poema.

Não há poetas especiais,
os leitores é que os tornam especiais.

Submited by

sexta-feira, maio 7, 2010 - 15:57

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 6 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Comentários

imagem de Felipe_oceano

Re: NENHUM POEMA É ESPECIAL

O poema não nos encaixa
em suas caixas
é que nos encaixamos.
Nossas vivências
dão vida à outras.
As mãos, olhos, coração
que nos ata
e nos ama
no meio de tantas tramas.

Redundância dizer que seu poema é especial!

imagem de Nanda

Re: NENHUM POEMA É ESPECIAL

Henrique,
Plenamente de acordo é tal como quem feio ama e bonito lhe parece, é a sensibilidade do leitor, no entanto também há que ter em linha de conta a capacidade que quem escreve tem de passar a mensagem.
Beijo
Nanda

imagem de ricardopacheco

Re: NENHUM POEMA É ESPECIAL

concordo perfeitamente consigo.
um abraço

imagem de Fatima-Rodrigues

Re: NENHUM POEMA É ESPECIAL

Concordo Henrique !

Bom fim de semana

bj

imagem de brunoteenager

Re: NENHUM POEMA É ESPECIAL

Esse poema é especial...
Porque a verdade o é.

imagem de Henrique

Re: NENHUM POEMA É ESPECIAL

Humildemente, não!

Vocês, nós leitores é o tornamos a interpretação especial.

Aproveito para lhe dizer que foi inspirado nos seus comentários de tão elaboradas análises...

Abraço forte!!!

:-)

imagem de AnaCoelho

Re: NENHUM POEMA É ESPECIAL

Ora nem mais...uma aplauso de pé

Beijos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.005 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.617 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.222 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.143 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.990 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.009 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.688 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.688 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DA POESIA 0 5.424 01/30/2015 - 23:06 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.831 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.263 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.365 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.633 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 2.834 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.178 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.872 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.753 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.755 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.921 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.560 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.466 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.389 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.426 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.755 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.663 01/16/2015 - 20:47 Português