CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ninguém está mais preocupado

Há um sublime em cada canto
Um sagrado que é profanado
E o profano é consagrado aos deuses da imaginação
De sacerdotes
Pitonisas
Sábios e entendidos nas artes da ilusão
Sacrilégios
Agouros de mentes perturbadas
Observadores das estrelas
Na busca incessante de respostas
Que não sabem as perguntas.
Onde estão os sábios deste mundo?
Os videntes de uma tragédia anunciada
Se o rio vai secar
A chuva não virá
E o fogo queimará continuamente
Confunda sua mente
No desespero dessa calamidade
Que acontece na cidade
Onde todos andam agitados
Ninguém está mais preocupado
Com os que já não conseguem dormir.
Olhos arregalados
Sonhos alquebrados
Dessas pessoas esquecidas
Nas lembranças que foram apagadas pelo tempo.
Vá dormir e esqueça tudo isso
Se não existe mais uma solução
Para os problemas deste mundo
Por que se preocupar em acordar amanhã?

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, agosto 24, 2021 - 00:02

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Online
Título: Membro
Última vez online: há 1 hora 54 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6330

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Doces flores que sorriem no caminho 0 15 10/20/2021 - 16:18 Português
Poesia/Pensamentos Há um lobo dentro de mim 0 57 10/19/2021 - 20:26 Português
Poesia/Tristeza Afinal eu não sou tão culpada assim 0 68 10/18/2021 - 19:32 Português
Poesia/Amor Na minh'alma só existe você 0 37 10/18/2021 - 19:29 Português
Poesia/Desilusão Tive sonhos de louco 0 53 10/16/2021 - 14:16 Português
Poesia/Meditação Espelho, espelho meu 0 53 10/15/2021 - 18:43 Português
Poesia/Tristeza Tenta esconder de todo jeito 0 128 10/14/2021 - 19:33 Português
Poesia/Amor Há um caminho a seguir 0 109 10/13/2021 - 19:16 Português
Poesia/Paixão Nunca foi nenhum segredo 0 77 10/12/2021 - 12:45 Português
Poesia/Amor No profundo coração 0 65 10/11/2021 - 13:20 Português
Poesia/Desilusão Nada pode ser mais terrível 0 258 10/09/2021 - 13:29 Português
Poesia/Intervenção Filactérios 0 127 10/06/2021 - 23:19 Português
Poesia/Alegria Cáceres, 243 anos de História 0 106 10/06/2021 - 13:51 Português
Poesia/Tristeza Eu sei que isso pode ser triste 0 127 10/05/2021 - 20:39 Português
Poesia/Dedicado Cáceres, eternamente 0 141 10/04/2021 - 21:13 Português
Poesia/Dedicado Cáceres, Cáceres, Cáceres 0 110 10/03/2021 - 18:33 Português
Poesia/Dedicado Cáceres dos meus amores 0 153 10/01/2021 - 19:27 Português
Poesia/Amor Você olha pela janela 0 98 09/30/2021 - 14:31 Português
Poesia/Fantasia Ando em ruas de paralelepípedos 0 136 09/29/2021 - 20:28 Português
Poesia/Tristeza Caminhos diferentes 0 109 09/28/2021 - 19:34 Português
Poesia/Intervenção O preconceito na Sociedade Brasileira 0 242 09/27/2021 - 19:34 Português
Videos/Poesia Entrevista com o Poeta Cacerense 0 42 09/25/2021 - 14:03 Português
Poesia/Intervenção Conseguimos pão arriscando as nossas vidas 0 107 09/24/2021 - 21:00 Português
Poesia/Fantasia Aquela velha história sempre tão mal contada 0 244 09/24/2021 - 16:17 Português
Poesia/Intervenção Se(mente) 0 106 09/23/2021 - 13:38 Português