CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

No meu último Ritmo ressuscita-me

 

Espada cravada no peito
Segredadas são as preces que sustenho
 

 Marioneta

                                  SUSPENSA

 

Onde cada movimento é orquestrado

Destino que cruza

E usa e Usa!

 

( Se eu pudesse fechava-me num baú
Ficava por lá
Até dar uma badalada
de um século.)

                                                                               (Existirá poção que pare o tempo?)

Cravada continua a Espada


Pego-a


Arranco-a

                                 Mas, apenas o punhal ficou em minhas mãos

Tudo é vazio corroído
Á teias tecidas nas minhas veias
 

Num último passo...

Digo em G  R  I  T  O

 

Quem me dera fechar-me num baú!

 

OlhO-me ao Espelho

Uma Última vez....

O Fumo Negro
Aproxima-se (pressente que é hora.)

 

ARRANCO

                    Num último gesto

O último Ritmo.
Na espera que vás...

 

                                                            

                                                     Não acordarei na badalada de um Século.

                  Que me importa?


                                            Se já estou Morta...

 

 

 

 

Ressuscita-me!

_________________________________________________________________________________________________________________________


 

 

 


 

Submited by

quinta-feira, agosto 18, 2011 - 22:07

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

MariaButterfly

imagem de MariaButterfly
Offline
Título: Moderador Vídeos
Última vez online: há 8 anos 21 semanas
Membro desde: 08/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 1421

Comentários

imagem de Nanda

Maria

O sussurro de uma alma em escombros.
Beijinho
Nanda

imagem de MariaButterfly

um sussurro sem

um sussurro sem duvida...

(mas...por vezes os escombros também se reerguem, e esta é dessas)

obrigada, por tua presença, e palavras.

Beijo

imagem de Docarmo

NO MEU ULTIMO GRITO

Poema a reflectir um grito, construído de forma harmoniosa. Nele encontrei emoção no desespero "...no último ritmo. Na espera que vás"

Gostei bastante, parabéns
Um abraço
Docarmo

imagem de MariaButterfly

Na espera que vás, na verdade

Na espera que vás, na verdade és mais uma forma de
Dizer na espera que fique,

Obrigada pelas tuas palavras,

Beijo

imagem de Docarmo

NO MEU ULTIMO GRITO

Poema a reflectir um grito, construído de forma harmoniosa. Nele encontrei emoção no desespero "...no último ritmo. Na espera que vás"

Gostei bastante, parabéns
Um abraço
Docarmo

imagem de Nostalgia

Por vezes vive-se com uma

Por vezes vive-se com uma alma já morta.
Belo e muito intenso

imagem de MariaButterfly

verdade, mas a minha ainda

verdade, mas a minha ainda está bem viva,
por vezes só esperamos um despertar,

obrigada,pelas tuas palavras.

Beijos

imagem de SuzeteBrainer

Um grito em poema,num lamento

Um grito em poema,num lamento doloroso de uma entrega.

Mais a força e beleza está em ti em vida,poesia,vida...

Gosto muito de ler-te!!

Bjsmiley

imagem de MariaButterfly

  Um lamento, Sem

 

Um lamento, Sem Dúvida...

onde ainda há esperança...

 

esta frase que me deixaste, aqueceu um pouco a minha alma!

 

"Mais a força e beleza está em ti em vida,poesia,vida..."

 

obrigada!do fundo da alma..

adorei!muito!

 

tua presença é especial e mágica.

 

beijos grandes!

 

imagem de Rui Lima

goth is back lol   fado

goth is back lol

 

fado fadista

deste fado de quem desdenha quem nos quer

e quer o que quer porque quer sem saber porque o quer

mas que o quer porque quer

e mesmo que a alma doa,

o coração atraiçoa,

em vez de querer aquilo que realmente é bom,

que alegra o coração

e afasta a dor.

viva Portugal

esta triste e fadista nação

 

beijos,

Rui Lima

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of MariaButterfly

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Em Espelhos partidos Existem sempre reflexos Reflectidos 15 2.945 03/06/2018 - 18:56 Português
Poesia/Tristeza Vingo-me 2 2.600 02/27/2018 - 10:33 Português
Poesia/Dedicado Templo de Alma 4 1.306 06/29/2012 - 20:56 Português
Poesia/Geral Nenhuma noite é Eterna 6 1.121 06/26/2012 - 21:28 Português
Poesia/Geral Tu, tu fazes-me falta 14 2.196 06/26/2012 - 21:27 Português
Poesia/Fantasia Serei...Sou uma Borboleta! 7 2.043 06/26/2012 - 21:26 Português
Poesia/Geral A Perfeição é uma flor chamada Amor 11 1.148 06/24/2012 - 18:20 Português
Poesia/Geral Fôlego Luz Vida 6 1.037 05/23/2012 - 21:52 Português
Poesia/Geral Sonho? 4 1.385 05/15/2012 - 21:14 Português
Poesia/Geral No meu último Ritmo ressuscita-me 13 2.083 05/12/2012 - 21:13 Português
Poesia/Geral Em Ti existe um Fascínio 16 3.022 05/05/2012 - 22:00 Português
Poesia/Geral És Poesia 11 2.255 05/05/2012 - 21:57 Português
Poesia/Geral Guiões são Guiões 10 1.377 05/01/2012 - 22:39 Português
Poesia/Geral A Corda que te Dou 21 2.086 04/20/2012 - 21:23 Português
Poesia/Geral Faria um Relógio de Sol pra me iluminares 6 1.470 04/11/2012 - 21:08 Português
Poesia/Geral Longe é o tempo que Te traduz 6 1.602 04/04/2012 - 22:26 Português
Poesia/Geral Partiste na Noite calaram-se os Pássaros 8 1.316 03/29/2012 - 22:14 Português
Poesia/Geral Gélida ilusão de Ti 14 2.037 03/28/2012 - 23:42 Português
Poesia/Geral Só metade tem a Luz 11 1.430 02/29/2012 - 13:51 Português
Poesia/Geral Todas as tuas Velas estão apagadas 6 1.198 02/12/2012 - 21:35 Português
Poesia/Geral Horizonte em Fogo 8 1.812 01/21/2012 - 21:37 Português
Poesia/Geral Poema gráfico- Sou (quero) 4 3.412 11/29/2011 - 23:17 Português
Poesia/Geral A Verdade da Alma que habita em Mim 16 2.236 10/28/2011 - 21:04 Português
Fotos/Outros Goodbye 2 3.015 10/24/2011 - 22:58 Português
Poesia/Tristeza Em Gelo Ponto de Fusão 6 2.027 10/07/2011 - 21:50 Português